Raça Akita: origem, curiosidades, preço e tudo que você precisa saber!

Raça Akita: origem, curiosidades, preço e tudo que você precisa saber!

canmore
por canmore
2 de junho de 2022 0

Mais conhecido por sua aparência poderosa e incrivelmente fofa, Akita Inu (ou apenas Akita) é um dos maiores nomes entre os cães que têm a lealdade aos seus donos como uma característica fundamental. Não é de surpreender que esse tipo seja popular e muito querido pelo público.

Teimoso, agitado, bastante corajoso e um grande amigo, este cão tem tudo para conquistar sua família humana. Quando bem cuidado, ele pode ser um grande amigo, por isso é muito importante saber qual a melhor forma de lidar com o animal.

Para facilitar a vida dos pais desse incrível pet, nossa equipe reuniu neste artigo todas as principais informações a respeito desta raça. Saiba tudo sobre Akita em nosso guia, aqui você encontrará os seguintes tópicos:

  • Origem do Akita
  • Características dessa raça;
  • Temperamento do Akita;
  • Cuidados necessários;
  • Saúde;
  • Quanto custa um filhote de Akita?
  • Curiosidades sobre esta raça.

Boa leitura!

Surgimento do Akita Inu

Akita em um gramado.

Sendo originário das regiões montanhosas do norte do Japão, o Akita costuma ser diferenciado em duas categorias, sendo elas Akita Inu e Akita Americano.

Durante a Era Tokugawa (período em que esta raça surgiu, entre 1600 e 1800), ele era utilizado para garantir a proteção dos senhores feudais, lutando ferozmente para guardar as terras do seu dono.

Um ponto bastante comovente e que colaborou para sua popularidade, foi a história de Hachiko.

Hachiko, um cachorro da raça Akita, que esperava ansiosamente todos os dias a chegada de seu dono à estação de trem. O triste é que o animal continuava fazendo isso mesmo após 9 anos da morte de seu tutor.

A verdade comoveu a comunidade e desde então há um esforço para preservar esta espécie, como a fundação da Sociedade de Preservação de Akita Inu. Uma curiosidade é que, em 1937, a raça tornou-se um tesouro nacional do Japão.

A raça foi oficialmente reconhecida pelo American Kennel Club (AKC) em 1972, após quase desaparecer  durante a Segunda Guerra Mundial. 

Hoje, norte-americanos e canadenses estão considerando a existência de duas espécies de raças: o Akita japonês e o Akita americano (também conhecido como big dog japonês – uma raça aprimorada de cães introduzidos pelos militares), como dissemos anteriormente. 

Para o resto do mundo, no entanto, se tratam de raças diferentes.

Características do Akita

Um Akita preto.

Sobre as cores do Akita, elas são vivas, brilhantes como fulvo (marrom a vermelho), gergelim (veado-vermelho com pontas pretas), tigrado (cor sólida com listras prateadas ou tons escuros) e branco. 

Suas marcas costumam  refletir o chamado “urajiro”, que é o cabelo branco nas bochechas, mandíbula, pescoço, peito, tronco, cauda, ​​rosto e mucosas (a menos que o cão seja branco).

Com ascendência americana, esta espécie pode produzir uma ampla gama de cores. De acordo com o American Kennel Club (AKC), qualquer cor que inclua branco, tigrado ou vermelho. Ou seja, a lista é enorme e inclui preto, marrom, prata, amarelo-laranja e outros.

Temperamento do Akita

Akita laranja, parecendo uma raposa.

O Akita tem como uma de suas principais características ser um ótimo cão de companhia. Independente do momento que estiver passando, seja de felicidade ou tristeza, você pode contar com a presença dele para tornar as coisas mais fáceis.

Devido ao seu nível de energia, é bom que o Akita possua um ambiente próprio para se exercitar, mas, atenção: ele não deve ser considerado como um cão de quinta, apesar de ser ótimo para afastar invasores. 

Sua natureza é ser um cachorro altamente amável, zeloso e protetor, por isso é essencial que ele esteja sempre junto à sua família.

Esta raça também é bastante brincalhona, por isso tenha acessórios próprios para o Akita utilizar e se divertir. Seu jeito de brincar varia muito, podendo parecer até bobo em certos momentos, mas isso não esconde a personalidade forte que o animal tem. 

Ter paciência para adestrar o Akita é fundamental. Algumas semanas podem ser necessárias para o animal aprender o que deve ou não fazer, mas nada que um pulso firme não resolva.

A dica aqui é sempre usar estratégias diretas, com instruções que dependam mais da motivação do que da força. 

Como todo animal, o Akita é movido pela recompensa. Assim, uma opção é que você invista em palavras de encorajamento, dando pequenos petiscos como lanches.

Como é a relação do Akita com outras pessoas e animais?

A raça Akita gosta de passar o tempo com a família, mas, para quem tem filho pequeno em casa, é recomendado ter um pouco de atenção. 

Por ter um gene de caçador, embora não cace na maior parte do tempo, o Akita Inu pode surpreender o seu dono e trazer alguns animais como “presente”. Não incentive esse comportamento, pois além de ser perigoso para o seu pet, também é para outros animais.

Para alguns cães, as amizades costumam ser difíceis, pois o Akita Inu realmente ama sua família humana com todas as forças, e pode sentir um pouco de ciúmes.

Por ser um animal protetor, estranhos podem ser pouco bem-vindos quando se tem um Akita. Uma solução para melhorar esse comportamento é fazer com que o cachorro, desde filhote, conviva com os convidados. 

A comunicação regular e o convívio com os visitantes ajudará seu amigo a distinguir entre a pessoa em quem confia e quem pode ser uma potencial ameaça à sua família. Convença o seu pet de que não há perigo nenhum no momento da visita!

O Akita costuma latir alto ou fazer muita bagunça?

Para quem ama cachorros que latem pouco, esta raça pode ser a ideal. O Akita late apenas quando necessário, mas é um cachorro com uma voz incrível, muitas vezes capaz de tentar imitar seus donos no momento da fala.

Como dissemos, o Akita é um cão que adora estar próximo de sua família. Portanto, deixá-lo sozinho por longos períodos pode ser perigoso. 

Em outras palavras, é possível que, se você chegar após uma longa ausência, suas plantas estejam destruídas, os calçados mordidos e os móveis danificados. 

Investir em treinamento pode reduzir esse tipo de comportamento, o que ajuda o dono do pet a melhor lidar com ele.  Saber quais brinquedos comprar também pode fazer toda a diferença!

Os cães Akita são geralmente mais ativos que a maioria das outras raças, são enérgicos e adoram exercícios e brincadeiras. 

Ter uma área externa cercada garante a segurança não só do Akita, como também dos seus vizinhos. Devido ao seu senso natural de caçador, ele é ótimo em cavar e escalar.

Cuidados necessários com o Akita

O Akita é um cão cheiroso e muito limpo, ou seja, cuida de sua higiene. Mas, por outro lado, requer muita escovação e exercício. Dar atenção aos treinamentos de escuta pode ajudar a adestrar ele  melhor, facilitando a sua vida com o pet.

Como os Akitas são grandes e cheios de energia, os cães desta raça comem muito. Mas é recomendado que ele coma apenas duas vezes ao dia – a quantidade varia de acordo com o tamanho. 

Seu veterinário pode recomendar a quantidade e o horário corretos das refeições e aconselhá-lo melhor sobre o uso de alimentos frescos, como vegetais e proteínas, em sua dieta.

Este tipo de cão é muito limpo e o banho só deve ser dado se for necessário. Por outro lado, eles precisam de muita escovação e paciência com sua pelagem. 

Escovar seu amigão com uma escova macia, de preferência diariamente, ajudará a mantê-lo bonito e saudável, além de reduzir o “casaco de pele” deixado em todos os cantos.

Apare as unhas do Akita e escove os dentes regularmente. Não se esqueça de limpar os ouvidos toda semana e garantir que tudo corra bem. Isso ajuda a prevenir infecções.

Saúde

Rosto de Akita visto de perto.

Akitas são cães muito saudáveis. No entanto, como qualquer outra espécie, eles podem enfrentar problemas de saúde. 

Vale ressaltar também que, ao comprar um filhote de criadores responsáveis, todos os problemas abaixo podem ser prevenidos ou facilmente detectados por meio de testes.

Displasia coxofemoral

Essa doença que atinge o quadril do cachorro é muito comum em cães de médio a grande porte. Ela se trata de um dano às articulações do animal, o que causa dor e pode ocasionar uma possível artrite.

Atrofia da retina

Devido às suas características físicas, os cães Akitas possuem alta tendência a desenvolverem problemas oculares. A atrofia da retina se trata de uma deterioração gradual do órgão, o que pode levar à cegueira do cão.

GDV

Os cachorros desta raça correm o risco de desenvolver a síndrome do vólvulo da dilatação gástrica (ou, GDV) que causa uma espécie de diarréia no animal. Esta doença é bastante grave, podendo ser fatal caso o tratamento correto não seja realizado de forma rápida.

Qual o nível de exercício do Akita?

Se você é uma pessoa nova, o Akita será o companheiro perfeito para suas rotas e corridas. 

Este tipo de cão é forte, adora ar fresco e cresce bem quando se exercita e tem companhia de pessoas. 

Portanto, esteja preparado para lidar com cerca de 13km por semana, por volta de  2km ou 60 minutos por dia, para que o Akita fique feliz e mantenha sua força física e mental.

Quanto custa um Akita?

O preço de um filhote de Akita pode variar de R$ 900,00 a R$ 6.500,00 – o preço é calculado com base no preço dos filhotes nas principais áreas comerciais do país.

Antes de tomar a decisão de comprar um cachorro, tenha em mente que existem muitos animais que foram largados nas ruas ou resgatados por organizações privadas em busca de uma família amorosa. Não deixe de conferir!

Curiosidades

Nas telonas do cinema

The Truth lançou dois grandes filmes: “Hachiko Monogatari” (1987), a primeira versão japonesa, e o remake americano, “Always by You” (2009), de Richard Gere. Ambos as produções são fascinantes e muito emotivas, e retratam fielmente a história contada no início deste artigo!

A história comoveu todo o Japão e, com doações humanas, uma foto de um cachorro foi colocada na movimentada estação de Shibuya, onde Hachiko costumava esperar seu dono. 

Há também outros retratos dele, como o da estação de Odate, na província de Akita, onde nasceu, e a Universidade de Tóquio, onde o pastor ensinou, entre outros.

Raça utilizada na Segunda Guerra Mundial

Muitos Akitas eram usados ​​para fins militares. Muitas famílias escondiam o amigo de quatro patas para não serem levados pelas forças armadas.

Cachorros escondidos

Enquanto moravam no Japão, as autoridades americanas ficaram empolgadas com o tipo de Akita e queriam levar os cachorros. Alguns foram roubados sob o pretexto de que morreriam de fome.

Mas mesmo diante da adversidade e da escassez de alimentos, os japoneses queriam manter seus cães e escondê-los. Isso significava até sacrificar o suprimento de comida de seus tutores para manter seus amigos de quatro patas saudáveis.

Ama a neve!

Se há um cachorro feliz quando o inverno deixa a área branca, é o Akita. 

Esta espécie prefere o clima com temperaturas mais baixas, sendo um verdadeiro fascinado pela neve. Isso significa muito sobre suas origens na província de Akita, no norte do Japão, onde é frio e nevado.

34ª raça mais popular nacionalmente

Akita é a 34ª espécie mais popular no Brasil. Os nomes mais comuns: Hannah e Yoshi.

Considerações finais…

Chegamos ao final deste artigo e duvidamos que você não tenha se apaixonado por essa raça tão incrível, companheira e inteligente.

A raça Akita tem uma das histórias de origem mais emocionantes e fortes, o que combina perfeitamente com a personalidade companheira, leal e defensora do animal. 

Ter um Akita exige do dono muita atenção para brincar e cuidar de sua pelagem. 

No entanto, jamais deixe de manter os check-ups regulares com o veterinário, visto que somente ele é capaz de cuidar plenamente da saúde e bem-estar do seu amigão.

Não se esqueça de compartilhar conosco sua opinião sobre este conteúdo! Deixe nos comentários suas opiniões e, claro, qual a próxima raça que você quer ver por aqui!

Confira também outros conteúdos sobre as raças mais conhecidas no mundo animal:

Até a próxima!

canmore
canmore

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.