Cane corso: guia completo sobre essa raça gigante!

Cane corso: guia completo sobre essa raça gigante!

Cane Corso é uma das raças mais teimosas e carinhosas que existem. Esses grandões gostam de espaço e amam ficar perto de seus donos, sendo ótimos companheiros durante a vida toda.

Esse cão de grande porte pode até assustar à primeira vista com seu tamanho, olhar e postura rígida, porém por trás dessa aparência existe um amigão amável e muito inteligente.

Além disso, esses gigantes possuem várias características, cuidados e curiosidades, que envolvem até mesmo o apresentador Fausto Silva!

Mas calma que vamos te contar tudo sobre essa raça impressionante! Temos certeza de que irá adorar saber mais sobre esse gigante guardião.

Afinal, se você está procurando por um amigão leal, amigável e carinhoso para toda a sua família, você tem que conferir este guia completo da raça Cane corso. Por isso, continue a leitura até o final, visto que ao longo deste conteúdo detalharemos:

  • Qual a origem?
  • Como identificar um Cane corso?
  • Qual a personalidade?
  • Principais cuidados com a raça;
  • Como cuidar de um filhote Cane corso?
  • Qual o preço de um Cane corso?
  • Saúde da raça;
  • Curiosidades sobre a raça;
  • Dúvidas frequentes.

E mais outros tópicos que você precisa saber antes de dar um lar para este grandão de quatro patas.

Está preparado?

Então, vamos lá!

Qual a origem do Cane Corso?

cane corso

A origem da raça Cane Corso começa na região sul da Itália, no período do Império Romano, onde outro tipo de cão, conhecido como: Canix Pugnax, foi utilizado por fazendeiros e camponeses da época para proteger suas fazendas contra possíveis invasores.

Vale ressaltar que nesta época os Pugnax eram considerados os melhores para proporcionar maior segurança a seus donos. Porém, com o passar do tempo, essa raça foi se procriando e misturando com outras.

Como resultado desses cruzamentos, as raças Cane Corso e Mastim Italiano começaram a surgir. De qualquer forma, continua sendo uma incógnita para muitos pesquisadores como foi e quais os cruzamentos que formaram essas raças exatamente.

E foi somente em 1980 que a raça Cane Corso começou a ser criada organizadamente e, somente no ano de 1990 ela teve seu reconhecimento oficial internacionalmente pela American Kennel Club (AKC).

A partir daí, esse grandalhão vem conquistando todos ao redor do mundo com sua personalidade e aparência única.

Como identificar um Cane Corso?

Identificar um Cane Corso não é uma tarefa difícil, já que estes grandões se destacam dentre outras raças pelo seu grande porte e estrutura elegante e robusta, que chegam a dar arrepios em qualquer um que esteja por perto.

Esta raça também possui um formato largo e molossóide em sua cabeça, acompanhado de um nariz sempre preto, com um focinho forte e quadrado, sendo mais curto do que seu crânio.

Além disso, os gigantes costumam atingir impressionantes 60 cm a 72 cm de altura, pesando em torno de 45 a 50kg em sua forma saudável.

Enorme, não? Mas não para por aí, porque existem outras características que fazem esta raça ganhar o coração de muitos amantes de cães pelo país.

Características físicas

A raça Cane Corso conta com um porte musculoso e uma pelagem brilhante e curta que pode ser encontrada nas cores:

  • preto;
  • cinza;
  • marrom;
  • vermelho;
  • cinza azulado;
  • tigrado (não muito comum).

Vale ressaltar que o Cane Corso preto é o mais comum e procurado por compradores em comparação às outras colorações, que podem apresentar uma pequena mancha branca no peito, perto do focinho e nas pontas de suas patas.

O grandão também conta com orelhas de tamanho médio e em formato triangular, porém esta característica natural da raça foi, durante sua história, interferida por um procedimento estético chamado: conchectomia.

Este procedimento consistia em cortar as orelhas dos cães em formato triangular, tornando assim uma das características mais populares da raça.

No entanto, esse procedimento deixou de ser legal em muitos países, e cada vez mais é comum encontrar cães desta raça com orelhas caídas e arredondadas, do jeito que a natureza fez, assim como também definiu seu temperamento.

Qual a personalidade de um Cane Corso?

A personalidade da raça Cane Corso se encaixa perfeitamente com a função de cão guarda, pois sua lealdade e instinto protetor vão afastar qualquer perigo que chegue por perto de seu ar.

Porém, cães desta raça necessitam de um tutor que tenha pulso firme e que treine o peludo constantemente, para desta forma, o grandão ter um comportamento educado e submisso.

Isso porque o temperamento dessa raça costuma não ser muito agradável quando se sentem ameaçados e vão proteger seus tutores de algo perigoso.

Por isso que esta raça exige um adestramento que seja forte e constante para impor certos limites ao cão, se deixarem passar batido pode gerar um grande trabalho conforme a idade do seu amigo for avançando.

Ok, então ter um Cane Corso em casa com crianças não dá certo? E com estranhos e outros animais como ele se comporta?

É o que vamos te contar nos tópicos a seguir. Vem com a gente!

Como ele se comporta com estranhos e outras raças?

Conhecido como um dos melhores cães guarda, os Canes Corso são naturalmente desconfiados e alertas a coisas e pessoas estranhas que chegam perto de seu lar ou de seus tutores.

Por conta disso o dono desta raça de cão gigante precisa sempre ficar atento aos comportamentos possessivos que podem aparecer de forma mais evidente em cachorros desta raça, e corrigir na hora ações agressivas e maus comportamentos.

Com estas repreensões imediatas acompanhadas de um treinamento constante o cão gigante não causará problemas e apenas se tornará a segurança, amigo e conforto da família.

Seu convívio com outras raças não será um problema, já que costumam se dar muito bem com outros pets.

Cane Corso se dá bem com crianças?

Uma pergunta bastante frequente e que preocupa amantes da raça, é justamente como seria o comportamento de um Cane Corso com crianças, que com certeza, vão querer brincar e correr atrás do grandão.

Porém, a resposta para esta questão é bem simples: essa raça se dá muito bem com crianças, isso se for treinado desde filhote a ter um comportamento submisso e sociável com todos da família.

Mas claro que é importante também ensinar as crianças a respeitarem o espaço do animal para que o gigante se sinta confortável e queira estar ao redor dos pequenos os protegendo, assim como faz um bom cão guarda.

Cane Corso são barulhentos ou bagunceiros?

Se você está procurando um cachorro tranquilo e que não dê muitas dores de cabeça na hora de arrumar a bagunça do pet, essa raça consegue suprir esses comportamentos que procura.

Pois, um grandão desta raça não costuma bagunçar todos os lados e muito menos ficar latindo com frequência. Então, quanto a isso pode ficar tranquilo que ele não dará trabalho não.

Principais cuidados com a raça Cane Corso

Atentar-se aos cuidados necessários que a raça Cane Corso exige é essencial para que o grandalhão tenha uma vida longa, saudável e feliz.

E para isso acontecer, procure, primeiramente, um espaço grande para acomodar um cão desse porte, já que os grandões possuem muita energia e precisam gastá-las com atividades físicas e brincadeiras que vão auxiliar também no bem-estar do seu amigo.

Por isso que não é recomendado ter um gigante desses em apartamentos ou casas pequenas, principalmente as que possuem um quintal pequeno, dado que esses espaços não suprem as necessidades físicas que todo cão de porte grande exige.

No entanto, não é só o local que você deve se preocupar antes de dar um lar a um cachorro dessa raça, mas também a sua alimentação, que faz total diferença na qualidade de vida de qualquer animal.

Qual a alimentação dessa raça?

É um fato o grande porte de um Cane Corso, e por conta deste aspecto físico sua alimentação deve ser balanceada para manter essa estrutura elegante e saudável.

Então, procure sempre dar as melhores rações ao seu Cane Corso, sempre verificando os componentes da ração que está oferecendo. Além disso, é importante que você como tutor ofereça ao seu amigo uma alimentação mais natural e cheia de nutrientes, de preferência, que seja própria para a raça.

A quantidade de ração e frequência oferecida ao longo do dia para o grandão, irá variar conforme a idade e qual condição física se encontra o Cane Corso. Mas, de forma geral, após os seis meses de vida, o recomendado é oferecer ração ao menos duas vezes ao dia.

Como cuidar do pelo de um Cane Corso?

Por ser uma raça de pelo curto e grosso, o Cane Corso não precisa de muitos cuidados com sua pelagem.

Porém, isso não quer dizer que seus pelos não precisam de nenhuma atenção, pelo contrário, para manter a qualidade e brilho de sua pelagem o recomendado é escovar ao menos duas vezes por semana, com a ajuda de uma escova própria para cachorros, para evitar que se machuque.

Além de dar um bom banho no grandão para mantê-lo sempre limpo e cheiroso, é claro 😉

Como dar banho no Cane Corso?

Dar banho em um Cane Corso, pode não ser a tarefa mais fácil do mundo por conta de seu tamanho, porém não fique muito preocupado com isso, pois para esta raça é recomendado dar banho uma vez a cada 30 dias.

Ou seja, uma economia e tanto em shampoos e água com este grandalhão, que se você preferir, podeaté levar em um pet shop perto de sua casa para realizar uma limpeza profissional, já que só acontece uma vez ao mês.

Por outro lado, o tratamento quando filhote acaba mudando um pouco em questões destes cuidados. Então, continue com a gente para entender melhor como cuidar de um Cane Corso quando filhotinho.

Como cuidar de um Cane Corso filhote?

Quando o assunto é filhote de Cane Corso, temos que te contar algumas precauções que todo tutor desta raça deve se atentar durante a fase de desenvolvimento deste gigante.

Principalmente como o peludo está se comportando com o tutor, que pode ser você ou outro membro da família, e como ele interage com outros animais e pessoas.

Pois é, nessa fase que você consegue educar e moldar o comportamento do Cane Corso, para que o grandão se torne uma segurança da família, e não ameaça.

Alimentação para o filhote

Portanto, além de respeitar o tempo de desmame do filhotinho, que acontece em torno de 6 a 8 meses de vida do pequeno, é importante oferecer também uma ração de categoria “super premium” e repor seu pote ao menos 4 vezes ao dia.

Tudo isso para que desde pequeno ele tenha os nutrientes necessários para crescer e se tornar um cão guarda de respeito no futuro.

Qual o preço de um Cane Corso?

O preço de um Cane corso varia de acordo com a idade e sexo do cão desejado, já que os machos filhotes podem ser encontrados no valor de R$ 2,000 a R$ 3,500 aqui no Brasil.

Por outro lado, as fêmeas filhotes de Cane Corso são encontradas em canis no valor de R$ 2.500, podendo chegar até R$ 5.000 dependendo do criador.

Um preço alto se comparado a de outras raças pedigree, porém vale a pena o investimento se você procura um cão que irá proteger sua família e seu lar como ninguém.

Saúde da raça!

Não é somente na aparência que o Cane Corso é forte, mas também em questão de saúde, pois é necessário muito para derrubar esses grandões!

Mas, infelizmente, isso não quer dizer que os gigantes são imunes a todas as doenças, mesmo sendo bastante atlético e não gostar muito de ficar parado.

Por isso, abaixo vamos te contar algumas doenças que são comuns surgirem ao longo da vida do seu amigo. 

Vem com a gente!

Possíveis doenças em Cane Corso

Infelizmente, algumas doenças assombram os cães do mundo todo, e não seria diferente com o Cane Corso.

Confira abaixo algumas condições que esses grandalhões podem enfrentar ao longo de sua vida: 

  • Displasia: doença que causa desgaste no quadril e cotovelo do cão, dificultando assim seu movimento, principalmente quando o cachorro é mais velho ou se encontra acima do peso ideal;
  • Torção gástrica: impede a passagem de alimentos, água e gases por conta do aumento de tamanho do estômago do animal, o que acaba girando na cavidade abdominal;
  • Ectrópio: enfermidade caracterizada por dobrar a pálpebra do cão para fora, fazendo com que os tecidos oculares fiquem expostos e por consequência acabam se irritando com maior facilidade.

Importante lembrar que todas essas doenças possuem um tratamento de cura, e podem ser evitadas com uma boa alimentação, como no caso da torção gástrica, e idas ao veterinário para checagem das outras doenças que podem aparecer.

Cane Corso com obesidade, o que fazer?

O melhor a se fazer quando um Cane Corso está acima do peso, é verificar a quantidade de calorias que a ração está proporcionando ao corpo do grandalhão, além de procurar um veterinário para modificar a dieta ou acrescentar alguma rotina para seu amigo.

Esse acréscimo na rotina geralmente é algum incentivo para atividades físicas, que cães dessa raça amam, e a possível diminuição da quantidade de ração oferecida.

Mas, importante lembrar: não diminua a quantidade de ração do cão sem indicação do próprio veterinário, caso contrário, pode acarretar sérios problemas mais adiante.

7 curiosidades sobre a raça!

1- Considerado um dos melhores cães guardas do mundo!

O Cane Corso é uma das raças que não leva na brincadeira quando se trata da segurança de sua família e lar, pois esses gigantes vão fazer de tudo para afastar uma possível ameaça.

Tanto que seu papel de cão guarda foi reconhecido mundialmente sendo declarado com um dos melhores cães guardas do mundo, ficando atrás das respectivas raças:

Também a competição fica difícil para o nosso querido Cane Corso com esses oponentes tão fortes e ágeis como ele.

2- A raça quase entrou em extinção

Você sabia que quase não tivemos o prazer de conhecer os incríveis Canes Corso? 

Isso porque na Segunda Guerra Mundial a raça quase foi declarada extinta na Itália, seu país de origem.

A extinção só não se fez por completa por conta de tutores e criadores de outros países que se recusavam a deixar uma raça tão inteligente e amável desaparecer assim.

Com isso esses heróis começaram a procriar cachorros Canes Corso pelo mundo todo, os deixando fazer parte da nossa história até os dias atuais.

3- A cor mais rara de um Cane Corso

É muito comum achar um Cane Corso preto, marrom ou outras cores populares, porém uma cor em específico aparece raramente nessa raça: a cor branca que toma todo o seu corpo.

Além da cor branca ser rara, também é difícil achar um Cane Corso com cores misturadas, pois os padrões da raça geralmente são de uma única cor no corpo inteiro. 

Lógico que existem algumas exceções, como citamos mais acima, de pequenas manchas brancas na parte do peito e dedos que são aceitáveis.

4- Possuem uma das mordidas mais fortes entre os cães

Quando o assunto é ser o melhor entre as outras raças em aspectos físicos e comportamentais o Cane Corso ganha destaque por aparecer em vários pódios desse tipo.

É o que acontece no ranking das raças caninas com a mordida mais forte do mundo, que o terceiro lugar, não podia ser de outra raça a não ser a Cane Corso com seus impressionantes PSI 700. 

Ficando atrás somente dos poderosos Kangai e Bandog, que possuem uma mordida de PSI 743 e PSI 730, respectivamente. 

Muito fortes, não? Quem teria coragem de mexer com esses grandões?

5- Antigos caçadores de javalis!

Entendendo a força da mordida de um Cane Corso não fica difícil imaginar que antigamente eles eram muito utilizados em caças.

Mas, o chocante disso tudo é que os grandões enfrentavam até mesmo javalis junto aos seus tutores sem problema algum.

Coitado do javali que ousasse cruzar o caminho de um Cane Corso.

6- Significado do nome “Cane Corso”

Citamos bastante o nome Cane Corso durante este artigo, mas você já conhece o significado deste nome e por quê eles o batizaram assim?

Bom, a história do nome é bem simples já que “Cane Corso” significa “cão trabalhador rural” em português, pois além de se tornarem fiéis cães de guarda, tinham a função de cuidar do rebanho em fazendas e campos.

Que, por sinal, faz esta função com maestria!

7- A relação de Fausto Silva com o Cane corso

Uma curiosidade muito legal sobre a raça, e apostamos que você não sabia, é que o primeiro Cane Corso a pisar aqui no Brasil foi por conta de um pedido do apresentador brasileiro Fausto Silva, que em 1997, durante suas viagens a Roma, se apaixonou pela raça.

E não deu outra, logo pediu para que alguns exemplares do grandão fossem exportados de Roma para o Brasil, e desde então, o Cane Corso conquistou cada vez mais os brasileiros!

Curioso, não?!

Dúvidas frequentes

Qual a expectativa de vida de um Cane corso?

A expectativa de vida de um Cane corso é de 10 a 12 anos de vida.

Qual a diferença de um Cane corso com um Mastim Napolitano?

A diferença entre um Cane Corso e um Mastim Napolitano está na estrutura de ambos, já que cães da raça Mastim costumam ser mais corpulentos em comparação aos seus primos da raça Cane Corso.

É perigoso ter um Cane Corso?

Muitos amantes de cães ficam com um certo receio em trazer para seu lar um cão de grande porte como o Cane Corso, com medo de não conseguirem educar o cão e ele acabar se tornando possessivo demais com o seu dono e demais membros da família.

E isso realmente acontece, porque o Cane Corso é um cachorro teimoso que gosta de testar seu tutor, por isso a importância de repreender na hora atitudes ruins e recompensar, com petiscos e carinho, quando ele tiver um bom comportamento.

Isso tudo é primordial que aconteça especialmente nos primeiros meses de vida do Cane Corso, pois é quando filhote que seu caráter é moldado. Podendo então, se tornar agressivo ou o companheiro mais amável de todos.

O que um Cane Corso gosta?

Um Cane Corso gosta de espaços grandes e arejados para poder gastar suas energias, também gosta de muita atenção do dono, podendo até entrar em profunda tristeza se ficar de lado por muito tempo.

Além disso, gostam de chamar a atenção e ficar perto de crianças e outros membros da família para protegê-los com todo seu coração e força.

Como é morar com um Cane Corso?

Morar com um Cane Corso é uma das experiências mais gostosas que um cão pode proporcionar, além do tutor se sentir mais seguro só de estar ao lado deste grandão, o que não faltará é uma boa companhia na hora de lazer da família.

Pois, são cães que se dedicam e gostam que se dediquem para ele também, então, a convivência com um gigante desses é recompensadora de todas as formas.

Temos certeza que se você pegar um, e seguir todas as nossas dicas, não vai se arrepender nem um pouco desta escolha.

Quantos filhotes uma cria de Cane Corso pode ter?

O Cane Corso geralmente atinge cerca de 4 a 6 filhotes por ninhada.

Considerações finais…

Pronto! Agora você sabe tudo e mais um pouco sobre a raça Cane Corso. Só para recapitular, confira abaixo os principais tópicos que abordamos ao longo deste guia:

  • Qual a origem?
  • Como identificar um Cane corso?
  • Qual a personalidade?
  • Principais cuidados com a raça;
  • Como cuidar de um filhote Cane corso?
  • Qual o preço?
  • Saúde da raça;
  • Curiosidades sobre a raça;
  • Dúvidas frequentes.

Está na hora de uma boa conversa aqui nos comentários para sabermos se você gostaria de ter um amigão desses em sua casa! 

Até a próxima!

Facebook