Chow Chow: origem, características, cuidados e muito mais! Guia completo

Chow Chow: origem, características, cuidados e muito mais! Guia completo

Chow Chow é uma raça que divide opiniões, alguns têm medo do grandão por conta de notícias chocantes nas mídias, já outros não se sentem amedrontados e acolhem esse peludo em seus lares com todo amor e carinho.

Mas qual parte tem razão? Será que o Chow Chow realmente é uma raça traiçoeira e perigosa para uma família?

Não se preocupe, pois, ao longo deste conteúdo completo tiraremos todas essas dúvidas, e muitas outras, para você decidir se essa raça é ideal para você ou não. Por isso, continue a leitura até o final, já que iremos detalhar:

  • Qual a origem da raça?
  • Como identificar?
  • Qual sua personalidade?
  • Principais cuidados com a raça!
  • Como cuidar de um filhote?
  • Qual o preço?
  • Saúde da raça;
  • Curiosidades sobre a raça!
  • Dúvidas frequentes.

Então, venha conosco porque desmascararemos mitos, além de falar verdades sobre o tão querido, e temido, Chow Chow.

Qual a origem do Chow Chow?

A origem da raça Chow Chow, segundo teorias, se iniciou na Ásia Oriental, mais especificamente ao norte da China há mais de 2 mil anos!

Impressionante, não é mesmo?

Muitos não sabem, mas o Chow Chow é considerado uma das raças mais antigas do mundo, proporcionando companhia desde muito tempo aos chineses daquela época.

Porém, o peludão não apenas servia como um ótimo cão guarda, mas também era usado para puxar trenós, ajudar na caça e até, infelizmente, participar de rinhas, que serviam como uma forma de realizar uma seleção natural entre os cães.

E foi somente no final do século XIX, que o querido Chow Chow veio para o Ocidente, por meio de exportações realizadas pelo exército inglês. Atiçando assim a curiosidade dos ocidentais por aquela raça que se destacava fortemente das outras.

Tanto foi o diferencial do Chow Chow naquela época, que era comum ver esses grandalhões em exposições de animais exóticos, que aconteciam em zoológicos da Inglaterra.

No entanto, somente em 1903, essa raça foi reconhecida oficialmente pelo AKC (American Kennel Club) e em 1980 o peludo chegou aos Estados Unidos pela primeira vez, ganhando o coração dos amantes de cães por toda a América através de sua identidade única.

Como identificar um Chow Chow?

Identificar um Chow Chow é uma tarefa bem fácil, pois esses peludos possuem características únicas que se destacam em meio a tantas raças de cachorro por aí.

Mas alguns amantes de pets ainda ficam meio confusos na hora de distinguir se determinado Chow Chow é de raça pura, ou não.

Portanto, a primeira coisa que você tem que prestar atenção é identificar a cor da língua do cachorro, já que os Chow Chows de raça pura possuem uma coloração azul escura beirando o preto.

Porém, vale lembrar que essa coloração escura só é perceptível após alguns meses de vida do cachorro. Ou seja, essa transição da língua rosa para a preta-azulada, tende a acontecer até os 6 meses.

E não para por aí! Porque tem outras características físicas, que listamos abaixo, que te ajudarão na hora de identificar essa raça.

Características físicas

Além do diferencial em sua boca, o peludo também conta com uma volumosa juba que encanta a todos ao passear pelas ruas, parecendo um enorme bicho de pelúcia ambulante.

Seu rabo curvado para cima, que se apoia em suas costas, ajuda na identificação de um Chow Chow de raça pura, principalmente quando ainda filhote. 

Inclusive essa raça costuma ter um porte robusto e peludo podendo medir entre 45 cm a 55 cm, além de pesar em torno de 18 a 35 kg. Mas essas informações são de um modo geral, visto que o Chow Chow pode mudar em algumas características se for americano ou primitivo.

Diferença entre Chow Chow americano e primitivo

Apesar das similaridades, o Chow Chow americano e primitivo possuem algumas diferenças que passam despercebidas por vários compradores da raça que acabam levando para casa um tipo de Chow Chow que não esperavam cuidar.

Mas quais são as diferenças então? Como consigo separar um do outro sem problemas?

É mais simples do que parece, já que o Chow Chow americano costuma:

  • ser mais peludo;
  • ter uma estrutura menor;
  • possuir um nariz mais achatado;
  • patas mais grossas e baixas.

Tudo isso em comparação com o Chow Chow primitivo, que ao contrário do americano, é dono de uma personalidade considerada mais ativa, companheira e independente.

Então, continue conosco para se aprofundar no comportamento dessa raça que traz curiosidade e muitas controvérsias.

Qual a personalidade de um Chow Chow?

De forma geral a personalidade dessa raça se resume a lealdade e independência, no entanto, não se engane com a aparência fofa desse peludo, pois ele costuma apresentar comportamentos territorialistas e não muito sociáveis.

O mais recomendado, para lidar com um temperamento que vem carregado de tendências um tanto agressivas, seria adestrar o Chow Chow desde filhote, para conter possíveis comportamentos indesejados.

Além disso, seria perfeito que um cachorro dessa raça tivesse como tutor alguém com, pelos menos, alguma experiência em adestramento de cães, assim é possível que seu amigo tenha uma personalidade mais calma e controlada.

Apesar dessas características, que podem causar um certo medo, não desanime em trazer um ao seu lar, pois eles são cachorros muito leais ao seu tutor e costumam construir uma boa personalidade se treinados devidamente.

Como se comporta com estranhos e outras raças?

Por ser uma raça territorialista, geralmente os Chow Chows não se dão muito bem com cachorros de outras raças, apresentando um comportamento mais agressivo e imponente.

Com estranhos a postura continua com aspecto territorialista e independente, costumando não esboçar muita felicidade a carinhos ou interações com desconhecidos. 

Porém, este temperamento pode diminuir, ou até mesmo se reverter, com adestração e uma boa adaptação com outros animais desde filhote. Mas, claro, que também depende da personalidade individual do peludo.

O segredo então, para lidar com o Chow Chow, seria respeitar seu espaço e delimitar limites desde cedo, evitando assim possíveis reações desagradáveis vindo do fofão de quatro patas.

E não queremos nos meter com este ursão, não é mesmo?

Então fique tranquilo que a personalidade forte tem solução!

Mas e com as crianças? Como ele se comporta?

É o que veremos agora.

Chow Chow se dá bem com crianças?

Se você tem um pequeno de fraldas andando pela sua casa fazendo bagunça por onde passa, o melhor seria deixar ele bem longe de um cachorro Chow Chow.

Pois, esta raça não costuma se dar muito bem com crianças, já que por preservar sua independência e não tolerar que apertem ele, aumenta as chances daquela tendência mais agressiva que falamos acima aparecer e, infelizmente, ferir o pequeno.

Então, para evitar que isso aconteça, o melhor lar para um cachorro dessa raça seria ao redor de pessoas com idade que conseguem entender e se adaptar a personalidade do grandão.

Chow Chow são barulhentos ou bagunceiros?

Quanto a isso pode ficar tranquilo, porque esse ursão não dá tanto trabalho quanto outras raças quando o assunto é bagunça e barulhos.

Isso porque o Chow Chow não costuma latir com frequência e prefere ficar no próprio canto do que fazer arruaça pela casa afora, mantendo assim sua personalidade mais reservada. 

Com isso os vizinhos e suas coisas em casa vão agradecer!

Principais cuidados

Um cachorro grande como esse, por mais independente que seja, necessita de alguns cuidados essenciais e idas ao veterinário, no mínimo, duas vezes ao ano, ou se preferir, uma vez a cada seis meses.

E se cuidado corretamente, o Chow Chow pode atingir de 8 a 12 anos de idade. Mas para que seu ursão chegue a idade máxima, é preciso fornecer os cuidados necessários, como:

  • oferecer água gelada quando a temperatura estiver alta;
  • escovar os pelos diariamente;
  • se atentar em datas de vacinação;
  • recompensar com petiscos comportamentos bons.

Entre outros cuidados mais efetivos, por mais que o cachorro desta raça tenha a tendência de ser mais reservado, dar atenção e brincar com ele, quando o grandão pedir, é essencial para o bem-estar do canino.

Qual a alimentação do Chow Chow?

O Chow Chow exige uma alimentação proporcional ao seu grande porte. Sendo assim, o ideal é alimentar o grandalhão duas a três vezes por dia, e claro, acesso ilimitado à água.

Outro fator importante que muitos tutores dessa raça pecam é em relação aos nutrientes que a ração contém em sua composição, conforme a idade do cachorro.

Porque a cada fase de vida do cachorro, a necessidade de certos nutrientes aumenta ou muda conforme a idade for avançando. Por isso é essencial que compre uma ração específica para cada período de sua vida.

Como cuidar do pelo de um Chow Chow?

Para manter a famosa e esbelta juba do Chow Chow perfeita, você terá que acrescentar certas ações em seu cotidiano, mas não se preocupe que não é nada fora do comum.

A primeira coisa a adicionar em sua rotina diária, seria arrumar um tempinho para escovar os pelos do ursão, pelo menos uma vez ao dia, mantendo assim a pelagem alinhada e evitando que dê aqueles nós que lutamos para tirar depois.

Mas para manter a qualidade do pelo de um Chow Chow, recomendamos que compre um desembaraçador próprio para cachorros dessa mesma raça, para evitar possíveis reações alérgicas que podem aparecer dependendo do produto.

Segue essa dica que você vai perceber que ajuda, e muito, na hora de escovar o gigante.

Mas não é só isso, tem a parte do banho também. 

Venha conosco!

Como dar banho no Chow Chow?

A hora do banho é um pesadelo para alguns tutores de cães e pets shops, não é mesmo?

A bagunça se torna presente no lugar inteiro, especialmente quando o cachorro, além de ter um porte grande, é dono de uma pelagem colossal.

Dá até um arrepio quando chega a hora de arrumar a bagunça, não é mesmo?

Mas no caso do Chow Chow, recomendamos levá-lo a um pet shop para que seu amigo seja higienizado corretamente, especialmente se você encontrar dificuldades, seja por questões de espaço ou até mesmo de comportamento.

No entanto, se ainda desejar banhar seu ursão em casa mesmo, se prepare porque precisará de muito shampoo, específico para a raça, e terá que enfrentar a quantidade de pelo que ele pode soltar durante a lavagem e secagem de sua juba.

Importante lembrar de alguns detalhes que vão fazer a diferença no resultado pós-lavagem, como:

  • utilizar shampoo neutro específico para pelos longos e anti-odor;
  • preferir condicionar os pelos com um condicionador anti-odor;
  • secar bem sua pelagem com o auxílio de secador e uma escova, sem bolinhas nas pontas, ajudando assim na maciez, no alinhamento e na retirada de pelos mortos;
  • ao sair com o seu pet em dias quentes espalhe um protetor solar, próprio para cachorros, em seus pelos, barriga e coxas para o proteger contra o calor;
  • passar hidratante nas patas de seu amigo antes de sair com ele para passear pelas ruas, evitando possíveis rachaduras que podem aparecer.

Após seguir este tutorial, será perceptível a mudança positiva na aparência de seu Chow Chow, primordialmente na pelagem que manterá a ótima qualidade que merece.

Como cuidar de um filhote Chow Chow?

Uma das coisas mais fofas e adoráveis deste mundo são os filhotinhos de cachorro que chegam com seu jeito desengonçado e brincalhão em nossos lares.

Porém, essa fofura vem acompanhada de grandes responsabilidades, já que cuidar de um filhote de Chow Chow, requer certos cuidados que não podem passar em branco.

Um desses cuidados primordiais que aparecem logo nos primeiros dias de vida do cachorro, é ficar atento ao calendário de vacinação e vermifugação, protegendo assim seu amigo de doenças comuns logo cedo.

Além de que os filhotes precisam de uma certa cautela quando o assunto é a alimentação.

Alimentação para o filhote

Considerando seu tamanho e fase inicial de sua vida, a quantidade de ração é calculada de acordo com estes fatores, além de respeitar o período correto do desmame que se inicia a partir dos 45 dias de vida.

Após atingir a fase de desmame, a ração úmida toma o papel do leite materno e supre as necessidades do filhote, que só começa a ingerir ração seca depois dos 3 meses de idade.

Lembrando que a quantidade de vezes recomendada para oferecer ração ao seu Chow Chow filhote é de 4 a 5 vezes por dia, até atingir seus 6 meses de idade.

No entanto, essa frequência diminui até chegar a 2 vezes por dia, evitando assim uma possível obesidade no grandão.

Saúde da raça

Em geral, os cachorros Chow Chow possuem uma saúde boa e estável, porém algumas doenças ainda insistem em preocupar os tutores desses queridos peludos que, infelizmente, não são imunes a certas condições comuns entre os cães.

Mas não se preocupe, porque separamos para você as principais doenças da raça Chow Chow de uma forma que ajudará na hora de detectar se o seu ursão está bem de saúde, além de saber o momento de levá-lo ao veterinário para examinar corretamente a situação.

Possíveis doenças da raça!

Aqui vai uma lista com as possíveis doenças em Chow Chow, com explicações simples e rápidas. Confira:

  • Entrópio: causa o reviramento da pálpebra para dentro, que pode ser tanto a superior quanto a inferior nos dois olhos, causando assim irritações oculares no pet que afetam diretamente sua visão;
  • Luxação de patela: afeta os joelhos, que por consequência provoca dores e desequilíbrio ao se movimentar;
  • Melanoma: tumor maligno encontrado com maior frequência na boca dos cães, de forma geral escurece a região afetada. Quanto antes diagnosticado e tratado, melhor.

Entre outras que surgem com maior probabilidade em Chow Chows de idade avançada. Por isso que é tão importante as visitas ao veterinário com certa frequência, para que um profissional identifique uma doença e já comece o tratamento do grandão.

Chow chow com obesidade o que fazer?

A primeira coisa é procurar um veterinário para conseguir nova orientação sobre a dieta de seu Chow Chow. Mas tem alguns pontos que você pode analisar antes mesmo de consultar um profissional.

Uma delas seria verificar o rótulo da embalagem da ração oferecida diariamente ao seu pet e checar se os valores calóricos estão acima do normal, além de incentivar algumas atividades físicas ao longo do dia.

Mas como saberei se meu Chow Chow está acima do peso?

Como essa raça possui uma pelagem longa que esconde possíveis gordurinhas, fica difícil ter certeza se ele encontra acima do peso, sem a ajuda de um profissional.

O que você pode fazer é prestar atenção se o Chow Chow está com dificuldades de andar e apresenta uma respiração pesada, fora do normal.

3 curiosidades sobre a raça!

chow chow

Atrás de sua enorme juba o Chow Chow esconde grandes curiosidades.

Muitas pessoas não sabem as qualidades, comportamentos curiosos e outros aspectos escondidos desta raça tão intrigante.

Então venha conosco para ficar por dentro das curiosidades que a raça Chow Chow apresenta.

1- Uma raça super leal aos seus donos

O Chow Chow constrói uma forte conexão com o seu dono, mas o curioso disso tudo é que o ursão apenas escolhe um da família para dedicar a sua lealdade.

Porém, este comportamento, se não adestrado corretamente, pode se tornar um tanto agressivo e possessivo do cão em relação ao seu tutor principal.

Por isso a importância de impor limites logo cedo ao seu amigo para evitar que ações agressivas possam machucar alguém ou outro animal.

2- O significado do nome “Chow Chow”

Um fato curioso sobre esses grandões peludos está no significado de seu nome que teve origem no Norte da China.

O nome “Chow Chow” vem da palavra chinesa: “xiao” que significa “alimento” em português. Isso porque os grandões serviam não só de cão guarda, mas também faziam parte da alimentação dos chineses, além de sua pele servir como roupa para o inverno também.

Um tanto triste o verdadeiro significado do nome Chow Chow, não?

3- Tem um comportamento de “gato”

O comportamento do Chow Chow, por muitos cuidadores da raça, é comparado com os jeitos únicos de um gato. Isso porque os grandões peludos são independentes e gostam de se reservar, ou seja, não costumam brincar com frequência ou pedir afetos.

Além disso, a raça também é conhecida como silenciosa e costuma não dar muito trabalho ao seu tutor em questão de bagunça também.

Porém, em sua fase “adolescente” o ursão costuma apresentar um comportamento mais teimoso ao desafiar a autoridade de seu tutor. No entanto, este comportamento é amenizado se o dono impuser limites e recompensar atitudes positivas do cão.

Dúvidas frequentes sobre a raça!

Qual o preço de um Chow Chow?

De forma geral um filhote de Chow Chow aqui no Brasil varia entre R$ 1.000 e R$ 5.000, mas este valor aumenta ou diminui conforme o pedigree, ou o canil escolhido.

Mas, vale frisar que não é o ideal adquirir o seu amigo de estranhos na internet, porque como o preço desta raça tem um preço salgado muitos dos vendedores anônimos se aproveitam para enganar os compradores.

O recomendado para evitar estes tipos de golpes, seria visitar o local e verificar se os cães são tratados corretamente.

Sem contar que também os futuros tutores deste grandão peludo, terão que colocar no papel os gastos dos cuidados que esta raça exige ao longo de sua vida.

Qual a diferença entre Chow Chow primitivo e americano?

A diferença entre Chow Chow primitivo e americano está em sua estrutura e personalidade, sendo que o americano possui uma estrutura menor em comparação ao primitivo.

Além disso, o primitivo costuma ter patas mais alongadas e finas do que o americano, e apresenta um comportamento forte e mais independente, não exigindo muita atenção de seu tutor em questão de carinho e brincadeiras.

O primitivo também é considerado mais ativo, e por conta disso, acaba tendo mais facilidade para aprender novos comandos. Mas saiba que isso não significa que o americano tem muita dificuldade de entender.

Qual é a raça do cachorro que tem a língua roxa?

A raça de cachorro que tem a língua roxa é a Chow Chow, isso se dá por conta de uma variação genética que causou um aumento de melanina.

Com o aumento desta proteína a língua rosada modifica sua cor para um tom perto do azul escuro ou preto.

Este processo de transformação começa logo quando é ainda filhote e se completa até os 8 meses de idade.

Mas isso só acontece em cachorros de raça Chow Chow que são puros, fazendo a diferença na hora de identificar o pedigree do grandão.

Quantos graus um Chow Chow suporta?

O Chow Chow suporta até 27º C e se o ambiente ultrapassar essa temperatura o cão pode apresentar irritação e até mesmo causar insolação no peludo.

Portanto, mantenha seu amigo em lugares mais frescos e em um espaço suficiente para ele fugir do sol e se refrescar nas sombras.

Sem esquecer de proporcionar ao pet acesso ilimitado de água, de preferência um pouco gelada, e escolher um horário mais fresco do dia para dar um passeio.

Quantos filhotes pode ter um Chow Chow?

A ninhada de um cachorro da raça Chow Chow pode ter de 5 a 6 filhotes.

E isso tudo de uma vez só!

Considerações finais…

Agora que você entendeu tudo sobre a raça Chow Chow através deste guia completo com tópicos como: 

  • Qual a origem da raça?
  • Como identificar?
  • Qual sua personalidade?
  • Principais cuidados com a raça!
  • Como cuidar de um filhote?
  • Qual o preço?
  • Saúde da raça;
  • Curiosidades sobre a raça!
  • Dúvidas frequentes.

Está na hora de falar aqui nos comentários o que você achou desta raça, ou se conhece alguém que tenha um Chow Chow em casa.

Além disso, também queremos saber sua opinião sobre este conteúdo. Deixe nos comentários se esse artigo te ajudou de alguma forma a entender mais sobre essa raça. Sua opinião é muito importante para nós!

E não se esqueça de conferir outros artigos que todo amante de cães deveria ler:

Até a próxima!

Facebook