Filhote Yorkshire: Como cuidar e características principais

Filhote Yorkshire: Como cuidar e características principais

24 de abril de 2022 0

Por ser ativo e espirituoso, ter um filhote Yorkshire demanda muito cuidado durante sua criação. Afinal, cachorros dessa idade costumam ter uma saúde mais vulnerável do que a de cães adultos.

Assim, um Yorkshire bebê precisa de uma atenção especial sobre:

  • o calendário de vacinação;
  • idas ao veterinário;
  • e o tipo de ração ideal.

E, se você está curioso sobre como cuidar de um Filhote Yorkshire, está no texto correto. 

Neste artigo iremos falar sobre:

Venha com a gente e uma boa leitura!

Como são os filhotes de Yorkshire?

Para saber como cuidar bem de um filhote Yorkshire, em primeiro lugar, você deve saber melhor um pouco sobre as características mais comuns da raça, certo?

Embora seja de pequeno porte, um Yorkie é bastante astuto e ativo. Além disso, é um cão conhecido pelo seu espírito dominador e de bastante independência.

Mas, é claro que isso não quer dizer que não queira atenção e carinho dos moradores da casa. Afinal, essa raça costuma ter bastante energia reservada. Toda hora é uma oportunidade de brincar e correr pela casa.

Além disso, eles são bastante afetuosos e apegados principalmente ao seu tutor. A ligação entre eles é tão intensa que, ao verem um estranho, ficam em alerta por pensar que a casa ou o seu dono está em perigo.

Quando se veem nesta situação, não vão parar de latir. Por isso, os Yorkshires são conhecidos por serem bons cães de guarda.

Temperamento do Yorkshire

Filhote Yorkshire recebendo carinho Pexels
Filhote Yorkshire recebendo carinho Pexels

Ao mesmo tempo, um Yorkshire pode apresentar um temperamento teimoso, sendo difíceis de lidar quando há outros cachorros ou crianças em casa, mas nada que um bom adestramento não resolva. 

Além disso, por ter um instinto caçador, um Yorkshire bebê é curioso por natureza. Não se cansa de farejar todos os cantos da casa à procura de novidades.

Apesar disso, é um cão interessante para quem mora numa casa pequena ou num apartamento. Agora, se quiser conhecer um pouco mais sobre a raça, veja o nosso guia sobre a raça Yorkshire.

Como cuidar de um Yorkshire filhote?

Além de muito carinho, amor e energia, cuidar de um filhote Yorkshire demanda muita atenção. 

Isso, porque os cachorros nesta fase da vida possuem uma saúde muito frágil. Seu calendário de vacinação após os 45 dias de vida, com as primeiras doses das vacinas múltiplas caninas (V8 ou V10).

Após a primeira aplicação, as 3 ou 4 doses seguintes dessa vacina serão dadas entre 3 ou 4 semanas de intervalo entre uma e outra. 

Além disso, é bom lembrar que a V8 e a V10 devem ser reforçadas anualmente com dose única e são importantes para a prevenção de doenças, como:

  • cinomose;
  • hepatite infecciosa;
  • parainfluenza;
  • parvovirose;
  • coronavirose;
  • leptospirose;

Além dessas vacinas, veja outras doenças para as quais você deve imunizar o seu filhote Yorkshire

1. Giardíase

Provocada pelo protozoário Giardia, a giardíase causa no seu filhote de Yorkshire inúmeros sintomas, como:

  • diarreia;
  • vômito;
  • perda de peso;
  • depressão.

Assim, sua vacinação deverá ocorrer, que deverá ocorrer em duas doses, com intervalo de aplicação  de duas a quatro semanas entre uma e outra. Após isso, o reforço é anual.

2. Traqueobronquite Infecciosa Canina

A Traqueobronquite Infecciosa Canina é uma gripe comum em cachorros. Ela causa uma tosse seca e alta que ocorre mais em momentos de grande esforço.

A doença já pode acometer o filhote Yorkshire a partir das duas semanas de vida.

Por isso, é importante que ele se vacine com duas doses num intervalo de 2 a 4 semanas entre elas ou com uma única dose intranasal. Após isso, a aplicação é feita anualmente.

3. Raiva

A vacina antirrábica é uma das mais importantes do calendário vacinal para seu filhote.

Essa doença da raiva ataca o sistema nervoso do animal, tornando-o incapaz de beber água, o que o deixa mais agressivo e com risco de morte.

A sua aplicação deve ser feita a partir da 12ª semana de vida do filhote. Assim, será aplicada uma vez ao ano, por dose única de acordo com o procedimento do veterinário.

4. Leishmaniose

A leishmaniose é perigosa por afetar o sistema imunológico do seu animal, causando:

  • lesões;
  • nódulos;
  • problemas no olhos;
  • descamação da pele.

Geralmente, sua vacina é administrada com três doses a partir dos 4 meses de vida do filhote, em intervalos de três a quatro semanas entre cada uma. Após essa fase, a aplicação deve ser feita uma vez ao ano.

Outros cuidados a ter com Yorkshire filhote

Além da vacinação, você deverá ter outros cuidados com o seu filhote de Yorkshire. Um deles, por exemplo, é a vermifugação do seu animal.

Ela deve ser feita por um veterinário. Será importante não só para o combate, mas também para a prevenção de verminoses da rua ou até mesmo transmitidas na amamentação.

Isso, porque eles podem causar uma série de transtornos como dermatites, perdas de pelo e outras irritações.

Ademais, ao adotar ou comprar o seu filhote Yorkshire, sempre abasteça a sua casa de brinquedos apropriados para pet.

Ele vai adorar chegar em casa e brincar com você, o que será excelente para desestressá-lo e criar um vínculo afetivo entre ambos.

Além disso, providencie:

  • tapetes higiênicos;
  • bebedouros e comedouros;
  • ração seca e úmida apropriadas;
  • guias e coleiras com identificação para passeios.

Qual a melhor alimentação para um filhote Yorkshire?

A melhor alimentação para o seu filhote Yorkshire é aquela que fornecerá todos os nutrientes básicos para o seu desenvolvimento até a fase adulta. Portanto, o mais indicado é que a alimentação seja baseada nas rações

Afinal, nelas estarão concentradas uma quantidade específica de nutrientes necessários para o crescimento do animal. 

Além disso, há várias rações que são específicas para o porte físico, idade, problema de saúde do seu animal. Então, cheque isso direitinho para não fornecer uma ração inadequada a seu Yorkshire filhote.

Ração Úmida ou Seca: qual dar para o seu filhote?

Contudo, dependendo da idade o Yorkshire bebê não terá a formação dos dentes de maneira completa. Ela somente ocorrerá a partir dos 3 meses de idade.

Assim, até chegar esse período, o melhor é continuar com o leite materno até o seu processo natural de desmame. Ele geralmente ocorre a partir do 1º mês, ou, com a ração úmida, recomendada a partir dos 45 dias de vida.

Em relação a quantidade de ambas, observe nas embalagens de cada ração ou então, com um veterinário.

Isso, porque dar uma quantidade desbalanceada de ração, pode fazer com que o seu filhote Yorkshire desde cedo tenha problemas como desnutrição ou obesidade, por exemplo.

Quanto custa um filhote de Yorkshire?

Filhotes de Yorkshire em companhia Pexels
Filhotes de Yorkshire em companhia Pexels

O preço de filhote de Yorkshire geralmente fica em torno de 1700 a 4000 reais.

Filhotes de Yorkshire machos, vermifugados, vacinados, castrados podem custar de R$ 1700 a R$ 2500. Já as filhotes Yorkshire fêmeas, de R$ 2000 a R$ 4000.

Mas, por que essa variação?

Bom, o preço muda muito de acordo com três fatores importantes que você deve analisar bem antes de adquirir, como: 

  • se o filhote tem ou não pedigree, isto é, se é realmente de raça pura;
  • se o Yorkshire bebê já foi vacinado, vermifugado e castrado;
  • a procedência do canil.

Este último é o mais importante.

Afinal, há muitos canis com instalações irregulares e que exploram as mães dos filhotes, deixando-as em condições absurdas de sobrevivência.

Muitos deles oferecem seus filhotes por valores muito baixos. O que pode ser até atraente, mas não garante que os filhotes foram bem cuidados.

Muitas vezes, esse cão nem pedigree possui. Portanto, sempre fique de olho em postagens que informem preços de cachorro muito abaixo do valor usual.

Por isso, a dica é olhar os canis pelo ranking de criadores da CBKC. Nele, mensalmente a CBKC divulga os 5 melhores criadores de cada raça.

Por lá, dificilmente, você verá casos de maus tratos de animais, como foi demonstrado nesta reportagem da Gazeta.

Por que adestrar um filhote Yorkshire?

Yorkshire Pexels
Yorkshire passeando Pexels

O adestramento é sempre uma boa alternativa para quem tem um cachorro. Isso, porque ele tende a disciplinar mais o seu pet, além de deixá-lo mais ativo no cotidiano. 

Por isso, no caso do filhote de Yorkshire, a prática do adestramento será extremamente positiva. Ela ajudará a conter um pouco mais o ímpeto desse pet, tendo um pouco mais de foco durante as atividades.

Além disso, será extremamente útil para ensinar o seu Yorkshire bebê a fazer as necessidades nos lugares corretos.

Outro ponto importante do adestramento é que com ele seu Yorkshire aprenderá a controlar os latidos, que muitas vezes podem passar do ponto

Como adestrar um filhote Yorkshire?

Filhote Yorkshire pexels
Filhote Yorkshire pexels

Mas, como adestrar?

Bom, existem duas maneiras para fazer isso.

Uma, é contratar um profissional adestrador, o que é positivo para quem não tem nenhuma experiência com adestramento, porém pode sair muito caro. 

Outra forma é ensinar alguns truques simples para seu filhote Yorkshire.

Por serem cães muito inteligentes, dar algum petisco após entender algum comando, como, “senta” ou “deita” ou quando fizer as necessidades nos lugares certos, é uma boa alternativa. 

Com isso, ele associará facilmente a ideia de que se ele fizer algo bom, será recompensado por isso.

Mas, caso sua atitude não corresponda ao esperado, não seja impaciente ou brigue com ele, só retire algum brinquedo ou não retribua com petiscos.

Afinal, um adestramento que envolva violência ou força física não é o recomendado.

Além de ser uma maldade com o filhote, sua atitude destemperada traumatiza o seu pet, abalando os laços afetivos e de confiança de um com o outro.

Como cuidar do pelo de um Yorkshire?

Os pelos de Yorkshire são inegavelmente muito vistosos. 

Para mantê-los, você deve se atentar à higiene do seu filhote com uma rotina diária de escovação. Descuidar dos pelos longos podem formar nós ao longo da pelagem do pet, levando desconforto ao seu amigo.

Isso será importantíssimo para espalhar a oleosidade para a pelagem toda, mantendo o seu brilho e charme.

Outro ponto essencial é a tosa, que além de cuidar da higiene, deixa ainda mais charmoso.

Por terem pelos muito longos, o seu filhote Yorkshire pode ter uma grande variação de cortes e penteados que deixará seu amigo de quatro patas bem estiloso e na moda, como por exemplo, as tosas:

  • bebê;
  • schnauzer;
  • japonesa;
  • pelo longo; 
  • westy e muitas outras.

Se ficou curioso por aprender mais sobre como fazer tosa Yorkshire, preparamos um artigo bem especial para você. Que tal aprender mais um pouco sobre esta raça? Até a próxima leitura!

navarrolucas
navarrolucas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.