Gato Persa: origem, características, cuidados e tudo sobre essa raça tão popular!

Gato Persa: origem, características, cuidados e tudo sobre essa raça tão popular!

O Gato Persa é um dos gatos com o rostinho mais fofo do mundo, não é mesmo?

É difícil não acabar se apaixonando por este peludo de quatro patas, com todo esse seu charme natural. Afinal, é uma das raças mais queridas e populares!

Porém, com esta fofura vem de bônus alguns cuidados específicos que gatos desta raça necessitam para ter uma vida saudável e manter seus pelos esbeltos e sedosos.

Por esta razão, separamos para você um guia completo da raça de Gato Persa, com tópicos fundamentais que todo o tutor deste bichano deveria ler, como:

  • Qual a origem do gato gato Persa?
  • Como identificar um gato Persa
  • Qual a personalidade de um gato Persa?
    1. Como se comporta com estranhos, outras raças e crianças
  • Principais cuidados com a raça Persa
  • Como cuidar de um filhote Persa?
  • Qual o preço de um gato Persa?
  • Saúde dos gatos Persa
    1. Possíveis doenças em gatosPersa
    2. Gato Persa com obesidade o que fazer?
  • Curiosidades sobre a raça Persa
  • Dúvidas frequentes

Então, continue a leitura até o final que o conteúdo promete!

Preparado? 

Então, vamos lá!

Qual a origem do gato Persa?

O peludo conta com uma origem um tanto antiga, já que há registros de gatos Persas de muitos séculos atrás. Porém, alguns especialistas declaram que a raça se originou na Persa, atual República Islâmica (Irã).

Neste mesmo lugar, alguns mercadores italianos que passavam e coletavam alguns gatos, acabaram levando os peludos para a Itália, até que os felinos chegassem à Inglaterra, lugar onde começou o cruzamento de raças até chegar ao gatinho de rosto “mau humorado” que conhecemos.

A partir daí o Persa começou a ser comercializado e invadiu milhares de casas pelo mundo todo.

Como identificar um gato Persa?

gato persa

Identificar um gato Persa é muito simples, pois esses felinos possuem características físicas únicas que marcam sua identidade.

A característica mais marcante, de forma geral, é o formato achatado de seu rosto que é sempre acompanhado de olhos grandes e redondos, e uma cara de “poucos amigos”.

Mas essa “cara fechada” pode enganar muita gente, porque os Persas, na verdade, costumam ser o oposto do que parecem, pois, portam uma personalidade calma e carinhosa.

E não para por aí, já que esses peludos são donos de outras características que vamos te contar logo abaixo. 

Características físicas

Uma das principais características do gato Persa é a sua pelagem. O que, por um lado, é algo lindo de se ver, mas por outro, pode trazer à tona os temidos nós quando não cuidados e escovados corretamente.

Outro ponto marcante dessa raça é o focinho achatado, tornando assim os gatos Persas participantes de um grupo de raças braquicefálicas como o gato Birmanês e o Shorthair exótico.

Esta é uma condição que necessita de alguns cuidados adicionais por parte dos tutores dessa raça. Mas, não se preocupe, pois, explicaremos mais abaixo.

Mas antes de saber como cuidar deste gato charmoso, vamos entender primeiro qual a sua personalidade e comportamento de uma maneira simples e rápida.

Qual a personalidade de um gato Persa?

Se procura por um gato tranquilo, que não dê trabalho e que não se incomode muito em ficar sozinho por um tempo enquanto trabalha, o gato Persa é perfeito para você.

Já que essa raça costuma ser independente, preguiçoso para brincadeiras e prefere ficar em lugares mais baixos por conta de sua característica braquicefálica (condição que dificulta a respiração do bichano devido à má-formação), então não ocorrerá muitos casos de coisas caindo da estante e mesas.

No entanto, apesar de sua independência, o Persa também pedirá carinho e atenção de seu tutor, que pode oferecer brincadeiras que não exijam muita energia, já que esse felino é conhecido por ser bem preguiçoso.

Como se comporta com estranhos e outras raças?

Os gatos da raça Persa são bem receptivos e pacientes com estranhos e outros animais.

Mas não espere que ele pule de alegria em cima do desconhecido que está entrando em sua casa. No máximo ele pode ficar curioso e se aproximar, mas caso a visita quiser interagir com ele não terá problema algum.

Em questão de interações com outros animais os gatos Persas possuem uma facilidade em ter novos companheiros de quatro patas em seu lar e são bem sossegados quanto a isso.

Então, se você tem outro pet em casa e quer trazer um Persa para alegrar ainda mais sua casa, não se preocupe que por parte deste grandão não será um problema.

Ok, ele pode ser calmo, mas e com crianças, como ele se comporta? 

É o que veremos a seguir. Continue conosco!

Persa se dá bem com crianças?

Um dos gatos mais amáveis e tolerantes são os Persas, que por conta disso são bastante indicados por criadores e gatis para se ter em casa com crianças e bebês.

Porém, a supervisão de um adulto quando a criança for brincar com o peludão ainda é fundamental para evitar que o gato se machuque nas mãos do pequeno inocente que pode acabar apertando com força o felino, machucando-o mesmo sem intenção.

Fora isso, não tem com que se preocupar, afinal, por de trás do rostinho bravo do Persa, ele tem um coração enorme e cheio de carinho para dar a qualquer membro da família.

Os gatos Persa são barulhentos ou bagunceiros?

É normal que os amantes de animais tenham que lidar com bagunças e barulhos que seus pets podem causar em sua casa, ou até mesmo atormentar os vizinhos.

Mas se você não quer lidar com esses problemas, fique tranquilo já que o bichano não costuma ser bagunceiro, e também não é de sua raça ficar miando com muita frequência.

Maravilhoso não é? 

O gato Persa é tudo de bom para uma família calma que busca a tranquilidade até em seu bichinho.

Portanto, caso você se encantou com a personalidade desse peludo e quer ter o seu, vamos conferir os cuidados que essa raça pede.

Principais cuidados com a raça Persa

Assim como todos os felinos, os gatos Persas precisam de cuidados logo quando filhotes. O básico é ter em dia as vacinas necessárias, para aumentar a qualidade e expectativa de vida do bichano.

Então, se atente às datas de vacinações e busque levar seu Persa ao veterinário, pelo menos, uma a duas vezes por ano para identificar possíveis doenças que podem aparecer ao decorrer de sua vida felina.

Fora esses cuidados, é de extrema importância que os olhos do Persa ganhem um certo cuidado diário com limpezas, isso porque o formato anatômico de seu crânio acaba acumulando secreções debaixo e na parte externa de seus olhos.

Como limpar os olhos de um gato Persa?

Para limpar os olhos de um gato Persa é bem simples, a primeira coisa que você precisa ter em mãos é um algodão ou papel higiênico molhado com água.

Depois pegue seu gato e passe suavemente no canto interno do olho e embaixo da zona lacrimal, retirando delicadamente as secreções acumuladas nessas regiões.

Esta etapa de cuidado é muito importante, porque se não retiradas, as secreções começam a formar uma crosta que não sairá com facilidade nem se umedecer o local, necessitando que uma raspagem seja feita.

Porém, esta raspagem acaba machucando o olho do felino que pode ficar ainda mais irritado com as novas secreções que vão surgir no local.

E não queremos que este fofo tenha que passar por isso, certo? Então, anote aí para não esquecer de cuidar dos olhinhos fofos e redondos diariamente de seu Persa.

Qual a alimentação de gato Persa?

O equilíbrio na dieta de um Persa é essencial, para proporcionar uma vida longa e saudável, por isso verifique se a ração possui os nutrientes corretos e que, de preferência, tenha uma composição natural e não industrial.

Isso faz a diferença não só na disposição de seu peludo, mas também em seus belos pelos que vão manter a qualidade e brilho.

A quantidade de ração exige uma certa atenção na quantidade, que varia de proporção conforme o gato for crescendo. O recomendado seria um veterinário apontar a melhor dieta de acordo o seu felino.

Como cuidar do pelo de um Persa?

Gatos Persas possuem uma grande e densa pelagem exigindo certos cuidados para manter a qualidade e maciez de sua juba.

Sabendo disso é recomendado que você arrume um tempinho em sua rotina para escovar a pelagem de seu Persa desde pequeno, para que o bichano cresça acostumado com esse cuidado.

É importante lembrar também que a hora do banho é um ótimo momento para alinhar aqueles pelos mais rebeldes. Vamos ver?

Como dar banho no gato Persa?

Por serem tranquilos não se preocupe com muita luta e persistência para que seu Persa tome banho, no máximo ele vai tentar sair do jeito calmo dele e ficar com o famoso olhar de preocupação que só essa raça consegue fazer.

Por outro lado, se acostumados desde filhotinhos eles vão até curtir este momento de cuidado e vão dar menos trabalho ainda.

É importante também que utilize shampoo neutro e condicionador próprio para gatos. Além de tomar cuidado com as orelhas do felino na hora de enxaguar, e também secar bem seus pelos, aproveitando este momento para retirar os nós.

Como cuidar de um filhote Persa?

Os gatos Persas já são fofos em sua fase adulta, agora imagina eles ainda filhotes com aqueles olhinhos arregalados e carinha achatada.

Uma explosão de doçura, não é mesmo?

Mas como todo pet, é preciso ter alguns cuidados essenciais, como seguir o calendário de vacinação e vermifugação, para que o filhote Persa tenha um desenvolvimento saudável e consiga atingir o máximo de sua expectativa de vida.

Além de, claro, oferecer uma alimentação de qualidade.

Alimentação para filhote

Vamos pensar que o filhote de Persa finalmente chegou em sua casa, após seu processo de desmame, que é a mudança gradual da alimentação líquida do leite para uma ração mais consistente que vai suprir os nutrientes necessários para seu desenvolvimento.

Chegou o momento de preparar o seu lar para receber este pequeno da melhor forma possível. Então, pegue uma caneta e anote as seguintes coisas necessárias para dar as boas-vindas ao peludinho:

  • tigela com fácil acesso à ração própria para filhote de gatos que pode ser úmida;
  • água fresca à vontade ao felino.

Importante lembrar que a transição do leite materno para uma ração seca tem que acontecer no tempo certo, no caso entre 4 a 6 semanas de vida, pois é nesta fase que os filhotes desenvolvem anticorpos, e são mantidos na companhia da mãe para manter sua temperatura.

Qual o preço de um gato Persa?

Se está disposto a ter um gato Persa em sua casa, prepare-se para desembolsar uma quantia em torno de R$ 2 mil a R$ 3 mil, se caso preferir filhote.

Porém, vale ressaltar que este preço pode variar conforme o gatil e criador.

Contudo, é importante que antes de efetuar sua compra e adquirir um peludinho, você visite o local primeiro e faça uma análise de como são tratados os animais que ali estão, e se os donos respeitam o tempo de desmame dos filhotes.

Saúde dos gatos Persas

A saúde dos gatos Persas pede maior atenção do que outras raças de gatos, pois, por conta de sua genética o felino tem tendências a apresentar certas doenças hereditárias, que comprometem o bem-estar do bichano.

Essas doenças estão geralmente ligadas ao seu focinho achatado, que pode promover uma certa dificuldade do peludo na hora de respirar, mas não se engane acreditando que seu Persa com falta de ar é normal da raça, se caso acontecer leve imediatamente ao veterinário.

E não para por aí, já que existem outras doenças que assombram esses queridos de quatro patas. Por isso, continue a leitura e entenda quais são as doenças mais comuns em gatos Persas.

Possíveis doenças em gatos Persas

Separamos para você uma lista contendo as possíveis doenças que afetam boa parte dos gatos Persas e o que elas causam nos felinos. Confira:

  • Rim policístico: doença que desenvolve cistos nos rins que devem ser tratados o mais rápido possível, para evitar que se multipliquem e acabem levando a vida do felino;
  • Tricobezoar: bolas de pelo formadas no estômago e no trato digestivo do gato, fazendo com que o felino passe mal, correndo até mesmo risco de vida quase em estado grave;
  • Dermatite das dobras cutâneas: irritação nas dobras faciais do felino por conta de seu frequente lacrimejo;
  • Seborreia oleosa: causa pele escamosa e sebosa, prevenidas com escovação diária dos pelos e banhos com frequência recomendada.

Além das que citamos acima, existem outros tipos de doenças que afetam a qualidade de vida dos gatos Persas como: albinismo oculocutâneo, cálculos renais, displasia de quadril, problemas cardíacos e respiratórios.

Porém, não assuste, nada como uma alimentação de qualidade, idas ao veterinário e cuidados essenciais no dia a dia, diminue a probabilidade dessas doenças aparecerem.

Sem contar que algumas dessas enfermidades surgem com maior frequência em gatos obesos.

Gato Persa com obesidade o que fazer?

Se seu gato Persa se encontra acima do peso, o ideal seria levá-lo ao veterinário para que o profissional possa sugerir mudanças na dieta ou até mesmo incluir atividades para seu pet.

No entanto, para evitar que isto aconteça, evite dar muitos petiscos gordurosos ao seu pet e também se atente nas calorias que a ração está proporcionando ao felino.

Outra coisa que poderia acrescentar em sua rotina é uma pequena caminhada com seu gato Persa em horários frescos, e que dure o tempo que seu pet aguentar.

6 curiosidades sobre a raça Persa

1- O Garfield não é da raça Persa como todos pensam

Você sabia que o famoso gato Garfield não é um Persa e sim um Exótico, sendo uma raça muito semelhante a Persa, porém com algumas pequenas diferenças como:

  • a raça Exótico possui uma pelagem mais curta em comparação ao Persa;
  • costumam ser mais energéticos e curiosos.

A diferença é pouca, em geral, e concordamos que ambos continuam sendo fofos e adoráveis, não é mesmo?

2- Uma das raças mais populares do mundo!

Não é surpresa para ninguém que este gato com características únicas se torne uma das raças mais famosas do mundo.

E essa fama vem desde muito tempo atrás, quando se tornou uma das atrações principais no ano de 1871 em uma exposição no Palácio de Cristal, Londres, atraindo mais de 20 mil pessoas no local.

Impressionante, não? 

3- Seu focinho nem sempre foi achatado

O gato Persa, sem dúvidas é conhecido pelo seu rosto achatado que o torna tão fofinho aos olhos de muita gente.

Portanto, poucos sabem que nem sempre esse peludo foi assim, e que adquiriu esta característica de focinho amassado por resultado de uma mutação genética que sofreu no ano de 1950.

Esta mutação não só resultou em sua aparência única e fofa, mas, infelizmente, também acarretou problemas respiratórios e cardíacos dos gatos Persas.

4- Gato Persa tem que viver em ambientes internos

Por conta de sua estrutura achatada, como dito mais acima, o gato Persa terá dificuldades de viver em ambientes externos, já que nestes lugares, como quintal, costumam acumular mais sujeiras que dificultam sua respiração.

Sem contar que o gato enfrenta, com dificuldades, temperaturas mais quentes. Portanto, é recomendado que acomode as coisas do Persa em um ambiente interno que seja fresco.

5- Os gatos Persas costumam ser muito inteligentes

Se você quer um gato que tenha facilidade em aprender novos comandos, o gato Persa se encaixa nesta condição perfeitamente, pois o felino possui uma inteligência e comportamento que ajuda, e muito, na hora de adestrar o pet.

Uma maravilha, não?

6- O gato Persa já fez parte de uma obra de arte

Outro fato muito curioso sobre o gato Persa é que eles já foram retratados em um quadro gigante chamado: “Os Amantes da Minha Esposa” realizada pelo artista austríaco: Carl Kahler, no ano de 1891, que conta com 42 gatinhos Persas adoráveis pintados sobre a tela.

Lembrando que a pintura já foi vendida por mais de 1 milhão de dólares americanos!

Dúvidas frequentes sobre a raça!

Qual a expectativa de vida de um gato Persa?

A expectativa de vida de um gato Persa é de 12 a 17 anos, porém isso varia conforme o tratamento dado ao felino.

Tem gato Persa no Brasil?

Sim! Tem gatos Persas espalhados pelo Brasil, e é uma das raças de gatos mais procuradas nacionalmente, por conta de sua aparência única e personalidade dócil e adaptativa.

Qual a diferença do Persa e o Himalaio?

A diferença entre o gato Persa e Himalaio está apenas em sua coloração, sendo que o Persa costuma possuir uma cor no corpo inteiro e pelos mais alongados, enquanto o Himalaia tende a possuir uma cor mais forte nas extremidades de seu corpo, como:

  • patas;
  • orelhas;
  • rabo.

Além disso, o gato Himalaia tem como característica olhos em tons azuis.

Consigo adotar um gato Persa?

Considerando que o preço de um filhote de gato Persa é um tanto quanto alto em comparação às outras raças, seria bem difícil encontrar algum Persa totalmente de graça.

E se caso encontrar, enquanto navega pela internet, alguém doando um gato Persa fique bastante desconfiado, porque provavelmente é alguma propaganda enganosa.

O que o gato Persa gosta?

O gato Persa gosta de ambientes calmos e tranquilos, mas se dão muito bem com crianças e outros animais.

Além de gostar de passar tempo com seus tutores e brincar, por mais que não exijam muita atenção, eles amam recebê-la.

Qual o peso de um gato Persa?

O peso de um gato Persa pode variar de 5 a 8 kg quando se trata de machos, já as fêmeas costumam pesar entre 2 a 3 kg.

Qual o gato mais sociável?

O gato mais sociável de todos, não teria como ser outro a não ser o gato Persa, já que com sua calma e tranquilidade consegue se adaptar a novas pessoas e animais ao seu redor com muita facilidade.

Então, não se preocupe quando uma visita quiser acariciar seu Persa, o máximo que ele pode fazer é se afastar e procurar um lugar mais reservado, mas é difícil já que os peludos gostam de receber carinho de vez em quando.

Por que gato Persa é tão caro?

A raça Persa costuma aumentar seu preço de acordo com a sua coloração, ou seja, quanto mais rara for a cor mais salgado fica o preço.

Assim como acontece em casos de gatos Persas bicolores que geralmente são mais caros se comparados ao valor de uma coloração mais comum como a bege, branco, entre outras cores.

Qual a cor mais bonita de gato Persa?

A cor mais bonita de gato Persa varia de gosto para gosto, porém tem algumas colorações que são mais procuradas do que outras, como as mais raras e diferentes.

Porém, encontrar um gato Persa de pelo raro é extremamente caro e difícil, por isso que muitos amantes desta raça optam por outras cores mais sólidas como branco, creme, azul, vermelho, chocolate que são mais fáceis de encontrar.

Então, opções de cores é o que não faltará ao escolher o seu peludo, porque tem gato Persa preto a tricolor com muitas variedades.

Considerações finais…

Agora você conheceu e entendeu tudo sobre este gato super fofo e sociável com este guia completo sobre o gato Persa, onde detalhamos:

  • Qual a origem do gato gato Persa?
  • Como identificar um gato Persa;
  • Qual a personalidade de um gato Persa?
    1. Como se comporta com estranhos, outras raças e crianças
  • Principais cuidados com a raça Persa;
  • Como cuidar de um filhote Persa?
  • Qual o preço de um gato Persa?
  • Saúde dos gatos Persa;
    1. Possíveis doenças em gatos Persa;
    2. Gato Persa com obesidade o que fazer?
  • Curiosidades sobre a raça Persa;
  • Dúvidas frequentes sobre a raça!

Também deixe nos comentários, o que achou desta raça e se você já tem, ou gostaria de ter um, estamos curiosos para saber.

Além disso, queremos saber sua opinião sobre este conteúdo. Deixe nos comentários se esse artigo te ajudou de alguma forma a entender mais sobre essa raça. Sua opinião é muito importante para nós!

Convidamos também a conferir estes outros artigos que todos os amantes de gato deveriam ler do blog Planeta dos Animais:

Até a próxima!

Facebook