Gato siamês: características, quanto custa, curiosidades e muito mais!

Gato siamês: características, quanto custa, curiosidades e muito mais!

canmore
por canmore
24 de maio de 2022 0

A raça de gato siamês é uma das espécies mais conhecidas e populares do mundo. Além dos olhos azuis e pelos escuros no rosto e orelhas escandalosamente fofas, este lindo gatinho também tem uma personalidade encantadora.

O gato siamês costuma ser muito calmo e amoroso com sua família, mas pode demonstrar comportamento um pouco quieto entre estranhos. Essa raça é diligente e nunca perde uma boa brincadeira, ela é como um cachorrinho no corpo de um gato.

Quer saber mais sobre a raça do gato siamês? Então confira mais neste artigo abaixo que nossa equipe preparou para você (e prepare-se para se apaixonar pelo bichano!).

Neste artigo você encontrará os seguinte tópicos:

  • Qual a origem do gato siamês?;
  • Características definem a espécie;
  • Características comportamentais;
  • Os principais cuidados com o gato siamês filhote e adulto;
  • Comprimento, peso, preço e expectativa de vida;
  • Dicas de nomes para gatos siameses;
  • Como cuidar de um gato siamês?
  • Como preparar a casa para o gato siamês?
  • Como alimentar um gato siamês?

Boa leitura!

Qual a origem do gato siamês?

Um gato siamês deitado perto de um gramado.

Este gato encantador e atraente é mundialmente famoso e tem muitas histórias interessantes. Um animal com orelhas grandes e olhos azuis, é verdadeiramente muito elegante. 

Com sua beleza natural, tem corpo esguio, pelagem curta e quatro cores tradicionais: castanho escuro quase preto (também conhecido por Seal Point ou cinza), castanho avermelhado (quase um marrom), azul e lilás. 

“Point” significa que a pelagem do gato siamês é mais escura nas pontas (ou seja, nas patas, rabo, orelhas e rosto). Esta espécie foi uma das primeiras a ser domesticada, e sua primeira aparição foi na Ásia, aparentemente.

Sua história de origem é um tanto curiosa. Registros indicam seu surgimento na região de Sião (onde hoje é a Tailândia), de onde vem o seu nome. Os povos antigos acreditavam que, após a morte de um membro da família real, a alma humana reencarnaria no bichano. 

O felino então se mudava para o templo, onde passava o resto de sua vida morando, com freiras e padres.

Já outra lenda explica a causa do cansaço visual dessa raça: o felino tinha a tarefa de guardar um vaso de verdade, enrolando sua cauda e, para realizar essa tarefa, olhava o vaso tão profundamente que seus olhos caíam.

Alguns dizem que os gatos siameses guardavam os anéis da princesa real. Eles colocavam anéis em suas caudas, e ela ficava torcida para evitar que os anéis caíssem.

Características que definem a espécie

Um gato siamês de olhos caídos em um fundo preto.

Imagens de gatos siameses ilustram melhor as características da espécie: pelos brancos, verdes ou grisalhos na maior parte do corpo, com manchas marrons nas pontas (face, orelhas, patas e cauda).

A pelagem é curta e muito brilhante e, além disso, o gato siamês puro ainda possui lindos olhos azuis e penetrantes – outra característica comum da raça. Ainda sobre seu tamanho, o gato tem um rosto triangular com orelhas grandes e afiadas e um corpo longo e musculoso.

Curiosidades

Poucas pessoas sabem que um gato siamês não nasce com um padrão de pelagem definido – ou seja, com manchas marrons na ponta. Na verdade, o gato siamês filhote geralmente nasce branco e desenvolve essas manchas a partir dos 5 meses de idade. 

No caso do gato siamês cinza ou bege, a linha de raciocínio é a mesma: a pelagem clara é proeminente desde o nascimento, e as manchas pretas crescem mais tarde.

Características comportamentais

O gato siamês é muito brincalhão e parece ter uma energia infinita. Ele adora pular e correr pela casa, mas também gosta de se divertir com diferentes tipos de brinquedos para gatos. Não importa se é uma bola, um rato ou um brinquedo de corda: ele pode passar horas se divertindo com o aparelho.

Mas, embora possa ser muito energético e brincalhão, o gato siamês também gosta de ter seus próprios momentos de silêncio. Quando isso acontece, ele opta por ficar no seu canto e é importante respeitar sua posição.

A raça do gato siamês é conhecida por ser independente, então se você notar que ele está quieto demais não se preocupe.

Humilde, amoroso e amigável, o gato siamês é a melhor companhia de todos os tempos. Esta é uma das poucas espécies que gosta de ser pega e adora ser acariciada. Os siameses se dão bem com crianças e podem se dar bem com outros animais.

No entanto, quando está perto de estranhos, é reservado, e não se dá bem com os outros, pode sentir um pouco de ciúmes de seus donos quando o visitante chega. É importante que o filhote do gato siamês tenha convivência com estranhos, para não se sentir desconfortável depois de adulto.

Os principais cuidados com o gato Siamês filhote, adulto ou idoso

Apesar de ter uma pelagem curta, o gato siamês perde muito pelo em qualquer fase da vida. Por isso, o principal cuidado da raça é a escovação dos pelos, que deve ser feita pelo menos três vezes por semana para remover os pelos mortos acumulados no corpo do seu pet. 

Caso contrário, horríveis bolas de pelo podem acabar crescendo no felino durante a autolimpeza.

Além disso, o educador deve reservar um tempo para consultar um veterinário para um check-up, principalmente depois que o pet crescer. 

Outros problemas comuns que podem afetar a saúde do siamês são pedras nos rins e doenças respiratórias. Atenção especial também é necessária para a vacinação, que não pode ser adiada. 

É bom lembrar que um filhote de gato siamês deve receber a primeira dose da vacina a partir dos 45 dias de vida, e depois intensificá-la a cada ano.

Comprimento, peso, preço e expectativa de vida do gato siamês

Um gato siamês olhando atentamente de costas.

Quanto tempo vive um gato siamês? Essa é uma pergunta que a maioria das pessoas faz e depende de muitas variáveis. Se for um gatinho saudável e bem cuidado, a vida útil da espécie pode ser de 12 a 15 anos, o que é muito tempo para as fêmeas. 

Alguns números importantes sobre o gato siamês são seu peso e comprimento. Podem medir de 20 a 30 cm e pesar entre 4 e 6 kg.

E quanto custa um gato siamês? Para quem está pensando em comprar um filhote da raça, é bom estar preparado financeiramente: um gato costuma custar entre R$ 1.000 e R$ 3.000. 

Sexo e pelagem são fatores que influenciam no preço final, mas é importante procurar um local seguro para comprar um gato siamês puro. É muito comum encontrar gatos “Sialatas” por aí, que é uma mistura de gatos siameses e vira-latas, então tome cuidado.

Dicas de nomes para gatos siameses 

Às vezes, quando você vê fotos de gatos siameses, o nome de um animal de estimação aparece na sua cabeça, mas e se você não tiver inspiração? Como você pode escolher a maneira certa de nomear o seu novo amigo? 

Se você deseja ter um gato siamês, mas ainda não encontrou seu nome completo, aqui estão algumas dicas que podem ajudar:

Nomes para gatos siameses: Bichano, Rodrigo, Gatinho, Manchado, Ritz, Frodo, Victor Hugo, Bernardo, meluco, Mimoso.

Nomes para gatas siameses: Amy, Capitu, Duquesa, Fernanda, Katy, Lua, Lupita, Minerva, Naomi, Princesa, Nebulosa, Arca, Taylor.

Caso não tenha encontrado nenhum que te agrade, confira o nosso artigo com nomes para gatos: mais de 500 ideias de nomes de gato e seus significados!

Como cuidar de um gato siamês?

Um siamês olhando atentamente algo que está chamando sua atenção na frente.

Em geral, o gato siamês é mais saudável em comparação com outros tipos de gatos. Para viver uma vida longa e saudável, é preciso considerar outros fatores importantes, como a introdução de alimentos nutritivos e a consulta anual do seu animal de estimação em uma clínica veterinária de qualidade, como mencionamos acima.

Isso porque apesar da natureza forte e saudável da espécie, ela pode apresentar problemas futuros, como doença brônquica felina, asma, estenose aórtica, vitiligo e amiloidose. Assim, a saúde do gato siamês necessita de uma atenção única.

Se notar algo incomum no comportamento do seu gato, nem pense duas vezes, corra a um veterinário e garanta a saúde e bem-estar dele.

Além disso, consulte este especialista se o cartão de vacinação do gato siamês não estiver em dia. Realizar check-ups será importante para que a imunidade do seu pet não seja comprometida, pois existem muitas doenças graves que podem ser evitadas com essa atitude. 

Veja abaixo como você pode proceder em cada caso.

Vacinação todos os anos

Todos os anos, seu gato siamês deve ser vacinado contra doenças como calicivírose, clamidiose, leucemia felina, panleucopenia e rinotraqueíte. 

As vacinas específicas para eles são as vacinas mais comuns ou polivalentes conhecidas, podendo variar entre V3, V4 e V5.

Além disso, existe uma vacina antirrábica, que visa prevenir a raiva, doença mortal em animais e que pode afetar os próprios educadores, colocando o sistema nervoso central de ambos em perigo.

Se você está lidando com todos esses fatores, não há dúvida de que vacinar seu gato siamês é mais do que apenas preventivo. É um ato de amor e carinho, pois todo cuidador quer ver seu pet saudável e feliz, correndo pela casa.

Vermífugo e antipulgas

É muito comum que gatos com certa independência, como os siameses, saiam para caminhar, principalmente se estiverem soltos e sem proteção adequada. 

No entanto, o hábito de ficar muito tempo fora de casa pode ser muito perigoso para o seu animal, pois, em lugares como esses, vermes e pulgas se multiplicam facilmente, o que é um perigo real para a saúde do seu animal.

Isso ocorre porque esses insetos, quando em contato com seu gato siamês, podem causar problemas estomacais, queda de pelo, náuseas, vômitos frequentes, diarreia e muito mais. Para evitar isso, você pode comprar anti-pulgas e vermífugos para o seu bichinho.

A dica nesse caso é sempre comprar esses produtos sob orientação profissional, pois a automedicação para o seu pet pode ser ainda pior para a saúde do seu gato.

Portanto, respeite todas e quaisquer recomendações dos veterinários quanto ao uso desses remédios. 

Como preparar a casa para o gato siamês?

Você também precisará dar uma ajeitada em sua casa para acomodar seu gato siamês. Isso será muito importante para que seu felino se adapte facilmente ao espaço. 

Para fazer bem a lição de casa, veja abaixo quais produtos você pode ter em sua casa para deixar seu gato confortável:

  • caixas de transporte;
  • bebedouros;
  • esteiras;
  • bolinhas e ratos;
  • petiscos e lanches;
  • ração úmida;
  • escovas e raspadores.

Leia também: cortar unha de gato? Quando e como fazer

Como alimentar um gato siamês?

O desmame do gato siamês ocorre sempre após a quarta semana de vida. Será neste momento que o filhote estará livre de sua mãe, com a intenção de torná-lo independente da fêmea. 

Normalmente, esse processo pode demorar um pouco, mas tenha paciência para que você não separe repentinamente a mãe do filhote.

Essa interferência pode ser vista como uma ameaça, então eles podem tentar se defender, o que significa que você corre o risco de ser mordido ou arranhado. O recomendado para este evento é ter paciência e respeitar o tempo de separação.

Além disso, neste momento ainda será muito cedo para dar ração seca ao seu gato, pois os dentes dele ainda estão em desenvolvimento, o que só terminará após a oitava semana de vida. 

Portanto, antes do final de todo o desenvolvimento dentário, dê sachês ou ração úmida para que seu gato não sinta falta do leite materno.

Quando os dentes do seu filhote de siamês estiverem prontos, você estará preparado para alimentar seu gato com comida seca. 

No entanto, tome cuidado para não colocar mais do que eles conseguem comer, caso contrário, eles podem obter hipoglicemia. Para evitar isso, dê 4 a 5 porções da ingestão diária recomendada de alimentos.

Considerações finais

Pronto! Finalmente você pode afirmar que é um expert quando o assunto é gato siamês. 

Avisamos que as chances de se apaixonar eram altas! 

Para finalizar, concluímos que esses bichanos podem ser os companheiros mais fiéis e aventureiros que você poderá encontrar.

Tanta energia para gastar demanda cuidado igual. Sempre fique atento aos comportamentos do seu siamês, e não deixe de realizar os check-ups rotineiros para ter a certeza de que a saúde do seu pet está em dia.

Não deixe de compartilhar conosco sua opinião sobre este conteúdo! Deixe nos comentários suas opiniões e, claro, não se esqueça de compartilhar o nome que você escolheu para o novo membro da família!

Confira também outros conteúdos que podem facilitar sua vida de pai ou mãe de pet:

Até a próxima!

canmore
canmore

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.