Raças de cachorros: O guia definitivo!

Raças de cachorros: O guia definitivo!

Todas as raças de cachorros que vemos hoje, possuem uma diversidade grande em aspectos distintos. As explicações sobre isso não somente na tendência natural dos cachorros, mas também nos efeitos passados por uma domesticação muito antiga.

Teses apontem que a causa da diversificação das raças de cachorros são resultados de “mutações” naturais, ou seja, os fatores climáticos e ambientais, reprodutivos, e o fator da própria domesticação.

O homem tem interferido nas raças, durante um período longo o ser humano trabalhou para obter a fixação de diferentes características físicas e psíquicas, para assim suprir certos interesses de trabalho ou prática esportiva.

Todos esses pontos causaram uma forte atribuição para explicar o polimorfismo dos cães! Ao longo do tempo, os cachorros conseguiram assumir papeis cada dia mais específicos na vida de um ser humano. Eles se especializaram em vários sistemas de caça, pastoreio e guarda de rebanhos, ajudaram também na tração de trenos.

Muitas raças hoje em dia ainda sofrem mudanças, você pode encontrar qual melhor se encaixa no ambiente que você tem disponível para o pet. Você deve levar em consideração o tamanho do cachorro, a energia que cães daquela raça geralmente possuem, alimentação, espaços onde você irá deixá-lo, entre outros fatores. Acompanhe a seguir algumas raças de cachorro.

Um exemplo de raças de cachorro

Raças de cachorro

Antes de adotar um cachorro, e importante ter conhecimento sobre as raças de cachorros e suas características! Isso porque alguns cães possuem mais energia do que outros, necessidades afetivas maiores, e outros precisam até mesmo de mais espaço para poder brincar livremente.

Conheça algumas delas:

Shih-tzu

Essa raça de cachorro possui um focinho achatado, e isso pode acabar prejudicando a respiração do shitzu atividades com movimentações intensas. Em dias de muito calor, frio e os de grande umidade, podem piorar esse problema e deixar o animal muito mais sensível.

Eles também não possuem grande força muscular, não possuem uma quantidade grande de energia, sendo assim os exercícios físicos não são constantes. Porém, eles precisam de cuidados para não acabarem ficando sedentários.

Porém, mesmo com essas limitações essa raça é muito alegre e extrovertida. Se você tem interesse em adotar essa raça, saiba que eles adoram ser pegos no colo e se apegam facilmente aos familiares.

Essa raça é muito apegada a seus respectivos donos, portanto eles não uma boa ideia caso você muito tempo fora de casa. Geralmente essa condição pode trazer problemas grandes caso eles fiquem sem companhia por longos períodos, e isso não faz nenhum bem a eles.

A convivência deles é muito melhor quando se tem crianças na residência, porém precisam ter cuidados com as brincadeiras! Lembre-se que eles perdem o folego muito rapidamente.

Outro fator importante é a alimentação dessa raça, sendo um assunto sério que precisa de diferentes cuidados ao longo do desenvolvimento do cão. Procure pedir ajuda para algum tutor, para conseguir saber qual a melhor ração e melhores petiscos, horários e porções necessários durante o dia.

Procure também manter a saúde dele sempre em dia, marque consultas no veterinário e vá de forma regular. Siga todas as orientações à risca para que seu novo amigo seja saudável sempre.

raças de cachorro: shitzu

Border Collie:

Dentre todas as raças de cachorros, o border collie está em primeiro lugar no mundo da inteligência canina, eles são muito espertos, possuem um grande instinto protetor e são facilmente treinados. Se cães dessa raça fossem seres humanos, com certeza seriam grandes atletas olímpicos.

Eles adoram correr em alta velocidade, são altamente obedientes, quando recebem uma ordem rapidamente as entendem e logo colocam em prática. Porém, para ter toda essa desenvoltura é necessário ter uma boa orientação. Os donos precisam saber que caso eles se sintam sozinhos ou precisem de mais atenção, e se isso não forem dados poderá fazer com que se tornem cães arredios.

Caso os respectivos donos também não saibam ajudar a controlar a vontade de correr, fará com que ele saia em disparada atrás de qualquer coisa, sendo carros, pequenos objetos, motos, pássaros, entre outros. Será necessário um grande cuidado no comportamento dessa raça, para que seja solicito e muito alegre sem que perca isso fazendo bagunças.

Um ponto importante sobre eles é sua reação com estranhos, eles são muito reservados com isso devido o tipo físico e comportamentos. Se por um acaso estiver uma criança nova perto dele, é importante que o dono esteja por perto para observar e cuidar de duas brincadeiras. Geralmente o Border Collie se dá muito melhor com as crianças que sejam mais velhas. Com certeza essa raça lhe trará muita felicidade, brincadeiras e ótimos momentos em família.

raças de cachorro: bordercollie

American bully:

Esse nome pode assustar algumas pessoas pela sua tradução que é “valentão americano”, e por possuírem uma aparência robusta podendo aparentar ser um cão aterrorizante e destruidora.

Porem essa raça de cachorro possui grandes controvérsias, sendo muito especiais. Eles são cães robustos de porte alto ou comprido, possuem aparência forte e de muitos músculos. Porém, isso é apenas por fora! Eles são muito dóceis e carinhosos.

Existem vários subtipos dessa raça, são elas: os american bully pocket, american bully classic, american bully standar, american bully extreme, american bully XL. As cores das raças são variadas, podendo ter os de cor castanha, malhado, preto e branco, prata, branco, marrom amarelado, marrom acinzentado, creme, marrom, cinza e vermelho.

Eles possuem um comportamento totalmente dócil, são muito brincalhões e adoram passar momentos com seus donos a todo lugar que eles estiverem. É uma raça muito gentil, amigável e adoram ter contato com seres humanos, também se dão muito bem com outros cães.

Devido ao porte que eles possuem, essa raça acaba sendo um pouco atrapalhada e bruta, podendo machucar em certas brincadeiras. Portanto cuidado caso eles forem brincar com crianças menores, é importante que sejam supervisionados durante o momento.

É importante dizer que essa raça de cachorro gosta muito de ter companhia, eles seguem seus donos a todo momento. Por esse motivo, deixá-los sozinhos por muito tempo em casa, pode acabar resultando em um comportamento destruidor como; arranhar portas e morder os sapatos dos donos é algo que podem fazer.

Eles possuem cerca de 40 a 55 cm de altura, e podem viver em média de 8 ou 15 anos. Portanto eles serão seus ótimos amigos durante muitos anos, e com certeza irá trazer muita alegria para sua casa.

raças de cachorro: american bully

Pinscher:

O Pinscher é muito conhecido pela sua grande quantidade de energia e latidos, eles possuem cerca de 30 centímetros e demostram serem muito bravos quando percebem algo de errado ou alguém desconhecido ao seu redor.

Ao contrário de outras raças de cachorros que também possuem o porte pequeno, os Pinschers são ótimos guardiões. Eles conseguem permanecer em alerta a todo momento! Eles são muito ousados, curiosos e corajosos, também são totalmente apegados aos seus donos.

Geralmente eles são escolhidos por moradores de apartamento e pessoas com casa menores, porém essa raça gosta de ter espaço para poder correr livremente e conseguir gastar toda a energia que possuem. É importante que seus donos separem um tempo para realizar brincadeiras com eles, pois caso não façam isso o resultado será um Pinscher desanimado e bastante irritado.

Essa raça é muito leal, ele sempre tentará proteger quem mora no mesmo lar que ele, até em momentos que não esteja acontecendo nada. Eles adoram brincar com outros pets, porém não demonstram essa mesma forma amigável com pessoas estranhar ou com crianças. Caso seja necessário, procure um profissional para auxiliar na interação do seu pet com pessoas e outros pets.

raças de cachorro: pinscher

Pastor Alemão:

A personalidade do pastor alemão é de um pet totalmente protetor com a família que mora com ele, eles também são muito atenciosos, possuem uma forte obediência.  Eles também possuem muita energia e precisam gastar uma quantidade significativa durante o dia inteiro, podendo correr em locais com muito espaço, e fazendo exercícios.

Essas raças de cachorros são muito utilizadas em trabalhos policiais, isso porque eles são altamente obedientes e astutos. Possuem a capacidade de rastrear drogas e pessoas. Em outros locais eles são muito utilizados para guardar rebanhos, função na qual contam com ele a vários anos.

São ótimos acompanhantes, seu temperamento é totalmente equilibrado. Gostam de brincar com outros pets, e possuem o mesmo temperamento de socialização com os seres humanos. É muito raro encontrar um Pastor alemão que não seja sociável, caso você tenha um é necessário a ajuda de um auxiliar confiável para o tratamento e ajuda na interação.

A alimentação deles é definida de acordo com sua saúde, faça uma avaliação e escolha a dedo a ração que dará para ele. Isso ajudará com que os ossos, dentes e a pelagem se mantenham saudáveis e evitará possíveis doenças no futuro.

Quando for comprar a ração para ele, procure optar pelas marcas especificas para cães de grande porte e próprio para a raça do seu amiguinho novo. Dessa forma a necessidade nutricional será suprida de forma adequada, e manterá a saúde ótima.

pastor alemão

Labrador:

Para aqueles que amam animais, a raça Labrador tem sido a mais escolhida! Eles são muito simpáticos e amam agradar e fazer alegria em casa. São altamente fiéis, e caso sejam treinados adequadamente eles podem dar suporte a pessoas que tenham necessidades especiais ou deficiências físicas.

Eles sempre estão ativos e atentos a tudo a seu redor, sua verdadeira paixão é a água e ausências de agressividade ou de timidez. São os cães perfeitos para quem possui um quintal grande, e que também consigam um tempo livre para brincar e correr com eles.

Os labradores são raças de cachorros ótimos em natação, isso é possível devido a sua estrutura corpórea. Em corridas eles conseguem alcançar a marca de 20 km/h, sendo assim eles podem fazer qualquer tipo de atividade! São perfeitos companheiros para quem pratica competições. São ótimos caçadores, possuem ótimo faro, podem auxiliar em buscas e salvamentos e ainda são recomendados na ajuda em terapias.

A convivência com os labradores é excelente, eles são carinhosos e astutos, respondem aos tratamentos de forma extremamente rápida. São totalmente disciplinados e capazes de trabalhar de forma delicada, por esse motivo são muito usados como guias para pessoas com deficiência visual ou como farejadores.

Essa raça nunca é agressiva (a menos que seja necessário) e esse fato os leva a tratamento e convivência com crianças, idosos e tratamentos clínicos. Essa socialização também é feita com outros companheiros animais, tudo no mesmo nível e equilíbrio.

labrador

Dobermann:

Eles são ótimos cães de guarda e possuem inteligência incrível, são capazes de ficar em alerta e pronto para proteger sua família e casa a qualquer momento. São companheiros leias e muito aventureiros, gostam de desafios mentais. Eles também são muito sensível e aceitam os desejos da família, mas alguns podem ser dominadores e geralmente são desconfiados quando alguém novo tenta se aproximar deles.

Os Dobermanns são cachorros que necessitam de atividades físicas e mentais praticamente todo dia, caso ele não tenha poderá se tornar um cão frustrado e destrutivo. Os exercícios físicos poderão ser feitos com longas corridas ou até mesmo em pequenos passeios na coleira, você também poderá permitir que ele corra livremente em locais seguros.

Mesmo tendo essa necessidade de se praticar atividades físicas constantemente, eles podem se adaptar a momentos de calma e tranquilidade sem nenhum problema.

A aparência do Dobermann é nobre e elegante, possuem tamanho médio e uma estrutura corporal musculosa e forte. Sua expressão facial é de um pet sério e determinado.

Mesmo com todas essas características, a convivência com essas raças de cachorros é totalmente tranquila caso seja trabalhada desde filhotes. Eles são muito obedientes desde filhotes, porém é importante que toda a família esteja preparada para receber esse novo integrante na residência e cuidar das suas peculiaridades.

Depois do período de confiança, o Dobermann vai conseguir lidar muito bem com a família. Eles são totalmente dóceis com crianças e gostam muito de receber carinho. Eles conseguem ficar sozinhos sem nenhum problema, esse é considero um dos pontos fortes dessa raça. Porém, a ausência dos donos por longos períodos pode trazer problemas.

A alimentação deles deve ser balanceada e observada de acordo com a qualidade de vida do seu cão, a ajuda de um profissional é essencial.

raças de cachorros: dois dobermans

Bulldog francês:

Essa raça de cachorro possui um problema de saúde que os impedem de sair de casa. O sistema respiratório do Bulldog francês é comprometido e torna qualquer tarefa difícil, eles também são pesados e isso atrapalha eles mesmos de andar ou nadar. Suas dobrinhas também podem apresentam problemas na pele, principalmente no rosto e isso precisará de muitos cuidados e atenção.

Em compensação eles são muito carinhosos e fiéis a sua família. Eles adoram ficar perto da família e receber cafuné. Já a convivência com outros cães pode sérum pouco complicada pois eles não se dão muito bem com outros cães, e isso piora caso sejam machos e não forem castrados.

Será importante que você o ajude ater atitudes menos bruscas, quase todas as vezes essa raça tentará se impor e será invasivo, portanto, precisará de uma boa observação.

As expectativas de vida deles podem várias de 10 a 12 anos, precisam de cuidados constante com temperatura ao qual são expostos. Possuem muita dificuldade em ficar em ambientes muito quentes, sendo necessário permanecer em locais frescos e arejados. A limpeza das dobrinhas deve ser feita regularmente, precisam estar secas e limpas para não atrair fungos e bactérias.

Essa raça possui muita carência, por esse motivo estão sempre seguindo os donos para todo lugar e tentando ficar por perto. Não o crie fora de casa, procure deixá-lo em casa e se possível nunca sozinho devido a sua instabilidade de saúde e sua carência.

A convivência com eles é muito bem-humorada e cheia de brincadeiras, adoram receber carinho e esperam por isso a todo momento e caso não receba ele ficará cobrando com as patinhas. Caso você tenha interesse nessa raça terá que ser muito firme e possuir muita paciência com as travessuras, embora eles não possuam muita energia e não possam praticar muita atividade.

bulldog francês

Maltes:

Essa raça é muito conhecida pelo seu porte pequeno e por conta de seus pelos brancos e macios. Eles também são cães altamente inteligentes, espertos, dóceis e muito brincalhões. Possuem uma grandiosa gentileza e delicadeza, podendo enganar muita gente! Eles possuem muita energia embora pareçam ser tão calmos, e essa mesma energia os levou a serem usados em pet terapia, e a concorrer em competições de agility, tracking e obediência.

Eles adoram se movimentar, porém alguns deles podem acabar apresentando problemas de obesidade por possuírem um metabolismo mais lento. Por esse motivo, recomenda-se que ele tenha e pratica uma rotina de exercícios físicos diariamente.

O porte do Maltes não é de um pet forte e nem resistente, por isso as atividades precisam ser equilibradas e com foco mais leve. O essencial para eles seriam uma caminhada em percursos de um quilometro mais ou menos, esteja preparado para dar bastante atenção e assistência a esse bichinho.

Essas raças de cachorros possuem muita confiança em seres humanos, eles até mesmo chegam a pedir carinho de pessoas estranhas. Essa cordialidade e gentileza, é um traço que marcou muito essa raça.

O convívio com outros pets e com crianças é excelente, e a adaptação deles com a residência também. Eles conseguem se adaptar com o estilo de vida dos seus novos tutores. Geralmente idosos e pessoas que possuem mobilidades reduzidas, procuram adotar o Maltes.

Essas raças de cachorros e qualquer outras precisam de um acompanhamento regular a um veterinário, não deixe de levar o seu pet, seja ele filhote ou não! Para evitar possíveis desenvolvimentos de problemas na saúde. Proteja ele contra futuras possíveis complicações, peça dicas para deixá-lo com uma vida saudável e mais feliz. O veterinário também dará orientações sobre o tipo de alimentação que o pet vai poder comer.

Facebook

Deixe um comentário